Economia

Lula demite Jean Paul Prates; Magda Chambriard será a próxima presidente da Petrobras

O CEO da Petrobras enfrentou nos últimos meses intensa fritura interna no governo, acumulando disputas com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e com o ministro da Casa Civil, Rui Costa.

Lula demite Jean Paul Prates; Magda Chambriard será a próxima presidente da Petrobras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comunicou nesta terça-feira (14) ao presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, a demissão dele do cargo. Para o posto, será indicada a engenheira civil Magda Chambriard, que foi diretora-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) no governo de Dilma Rousseff (PT).

Prates enfrentou, nos últimos meses, uma crise na Petrobras, especialmente depois que o Conselho de Administração decidiu reter os lucros extraordinários obtidos pela empresas e não os repassar aos acionistas de imediato.

O CEO da Petrobras enfrentou nos últimos meses intensa fritura interna no governo, acumulando disputas com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e com o ministro da Casa Civil, Rui Costa.

Prates foi indicado para o cargo antes mesmo de Lula tomar posse, em dezembro de 2022. O então presidente eleito comunicou a indicação por meio de uma postagem em rede social.

“Gostaria de anunciar a indicação do Jean Paul Prates para a presidência da Petrobras. Advogado, economista e um especialista no setor de energia, para conduzir a empresa para um grande futuro”, dizia a mensagem.

Advogado e economista, Prates também atuou como empresário e dirigente sindical. Na década de 80, participou da assessoria jurídica da Petrobras Internacional (Braspetro) e trabalhou na regulação dos setores de petróleo, energia renovável, biocombustíveis e infraestrutura nos governos Fernando Henrique Cardoso e Lula.

Ele também foi secretário de Estado de Energia e Assuntos Internacionais do Rio Grande do Norte e, em 2014, foi suplente na chapa de Fátima Bezerra (PT), eleita ao Senado. Em 2019, após a senadora ser eleita governadora do Rio Grande do Norte, Prates assumiu o mandato como titular até 2022, quando foi indicado para o cargo.

R7 com G1

COMPARTILHE

Bombando em Negócios

1

Negócios

Sam’s Club pode abrir loja em Campina Grande, revela CEO da rede: “cidade que tem um interesse para gente”

2

Negócios

Volta ao trabalho presencial faz aluguel comercial registrar maior valorização desde 2013 em João Pessoa

3

Negócios

Nova presidente da Abrasel anuncia festivais e cooperativa para movimentar gastronomia da Paraíba: “vários projetos em curso”

4

Negócios

Grupo Mateus compra Novo Atacarejo no Nordeste e se torna gigante do varejo no Brasil

5

Negócios

Mangabeira Shopping: área para embarque e desembarque de passageiros de aplicativo ganhará cobertura