Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Denuncia

Alto risco: Atendimento em clínicas odontológicas de JP desconsidera recomendação do CFO para evitar contágio do coronavírus

A assistência odontológica está classificada como alto risco para a disseminação do novo Coronavírus, devido à grande exposição aos materiais biológicos, proporcionada pelo labor dos procedimentos.

“Os Cirurgiões-Dentistas se encontram no grupo de maior risco, visto o contato direto com a cavidade bucal, vias aéreas ...." (Foto: reprodução)

Por

A pandemia do coronavírus limitou os atendimentos de clínicas odontológicas a urgência e emergência, mas não é o que está acontecendo em alguns estabelecimentos espalhados na Paraíba. Segundo denúncia de um internauta ao Portal ClickPB, profissionais estariam atendendo normalmente, mesmo após o Conselho Federal de Odontologia emitir recomendações suspendendo atendimentos considerados de rotina, por se tratar de uma profissão com alto risco para o contágio e sua disseminação. 

Apesar da recomendação para que os profissionais do setor limitem o atendimento à população, atendendo apenas os casos de urgência e emergência, algumas clínicas em João Pessoa estariam atendendo normalmente e realizando procedimentos fora dos recomendados pelo CFO, aumentando assim o risco de contaminação. Dentre os procedimentos que estariam sendo realizados estão: restauração, estéticos, ortodontia, entre outros.

De acordo com o órgão, a saúde dos profissionais e dos pacientes deve ser preservada, e atendimentos priorizados apenas para casos graves, devido o “agressivo potencial de transmissão” do novo coronavírus. 

Vale ressaltar que, na maioria dos casos, diversas clínicas suspenderam por completo e adotaram as medidas de prevenção adotando atendimento à distancia, sendo feito via e-mail, telefone e site enquanto a pandemia durar. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e o CFO reforçaram desde o início da pandemia que a assistência odontológica está classificada como alto risco para a disseminação do novo Coronavírus, devido à grande exposição aos materiais biológicos, proporcionada pelo labor dos procedimentos. “Os Cirurgiões-Dentistas se encontram no grupo de maior risco, visto o contato direto com a cavidade bucal, vias aéreas e utilização de equipamentos que liberam aerossóis, provocando contaminação cruzada. O CFO segue trabalhando intensamente para minimizar os efeitos da crise provocada pela pandemia mundial”, diz trecho de nota do CFO. 

Vale lembrar que nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estão suspensos, por 30 dias, conforme determinação da Prefeitura Municipal de João Pessoa os atendimentos de rotina. Quem precisar de atendimento odontológico de urgência deve procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) para que, posteriormente, sejam encaminhados aos CEOs, conforme a necessidade. Estão sendo atendidos os pacientes que apresentam dores intensas ou hemorragias, durante o período da quarentena. Atendimentos de rotina, como restauração, limpeza ou extração dentária, estão suspensos.

Confira aquias medidas recomendadas pelo CFO para amenizar o risco de contaminação dentro dos consultórios e as orientações para atendimentos apenas em casos de urgência e emergência. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Euclides Vaz de Araújo, presidente das Virgens de Mangabeira, morre com covid-19 após 36 dias internado no Hospital Universitário

Agora é Lei: idosos terão acesso irrestrito aos caixas presenciais em bancos e casas lotéricas durante pandemia​

Fecomércio orienta cautela na reabertura do comércio na capital paraibana na próxima segunda-feira

Projeto de extensão da UEPB orienta sobre descarte correto de equipamentos individuais em tempos de pandemia