Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Pandemia

Apesar de baixo risco de casos graves e óbitos, adolescentes são transportadores do vírus para outros grupos, diz secretário sobre importância da vacinação

Adolescentes frequentam vários locais, o que possibilita trazer o vírus para dentro de suas casas.

Adolescentes são imunizados com a vacina da Pfizer. (Foto: Divulgação/Secom-PB)

Por

Apesar do baixo da evolução de casos graves e óbitos por Covid-19, adolescentes são transportadores do vírus para outros grupos, segundo comentou o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros. Ele destacou sobre a importância da vacinação do grupo de adolescentes, evitando a disseminação do vírus.

“Esse grupo, especificamente, com doenças associadas, isso é, com fatores de comorbidades, é um grupo fragilizado. São pré-adolescentes e adolescentes com paralisia cerebral, com sequelas neurológicas graves, pacientes acamados, que têm doenças autoimunes, doenças imunossupressoras também. Esse grupo que necessita realmente ser priorizado na vacinação” , afirmou, em conversa com o ClickPB. 

Já em relação aos casos de adolescentes sem comorbidades, Medeiros frisou a preocupação do risco de adoecimento por não estarem imunizados. “Aqueles que não têm doenças associadas, a partir do momento que nós estamos protegendo toda população acima de 18 anos a tendência é ocorrer, o que está acontecendo nos Estados Unidos, com o adoecimento da população que não está protegida, daí a importância de vacinar os pré-adolescentes e adolescentes de 12 a 17 anos”, disse.

Outro motivo importante para vacinação é que os adolescentes estão sempre circulando por vários locais, o que acaba oferecendo o risco de trazer o vírus dentro das residências, transmitindo a doença para familiares. “Além disso é um grupo etário que circula muito e que transmite o vírus, que é transportador, apesar de que são pessoas de baixo risco de evolução para casos graves e óbito, mas eles transmitem aos seus pais, avós, as pessoas idosas, daí a importância da vacinação desse público também”, pontuou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Paraíba registra 146 casos confirmados, quatro óbitos e 21% de ocupação de leitos Covid-19

Cagepa retoma atendimento presencial na Casa da Cidadania de Mangabeira

João Pessoa promove desfile de lançamento da nova coleção das Sereias da Penha

Em Cabedelo, corrida reforça importância da prevenção do câncer de mama e de próstata