Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Reforço

Após pedido de envio de tropas federais, Polícia Militar duplica reforço na segurança em Pedras de Fogo

Nesta semana, a juíza eleitoral da 44ª Zona Eleitoral, Higyna Josita Simões de Almeida solicitou reforço na segurança da cidade de Pedras de Fogo com o envio de tropas federais.

Até o momento, o TRE-PB recebeu pedido de envio de tropas federais somente para a cidade de Pedras de Fogo. (Foto: Reprodução)

Por

A pouco mais de um mês do dia das eleições municipais de 2020, os ânimos já começam a se exaltar em algumas cidades e o acirramento se torna mais visível. Nesta semana, a juíza eleitoral da 44ª Zona Eleitoral, Higyna Josita Simões de Almeida solicitou reforço na segurança da cidade de Pedras de Fogo com o envio de tropas federais.

Em entrevista ao ClickPB nesta sexta-feira (09), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador José Ricardo Porto, revelou que já entrou em contato com o coronel Euller, comandante geral da Polícia Militar, que o atendeu prontamente. "Já está tendo um reforço na cidade e o efetivo da Polícia Militar já foi duplicado em Pedras de Fogo", comentou o desembargador.

Ele ainda explicou que o caso específico de Pedras de Fogo ainda vai ser apreciado pela Corte Eleitoral após ser distribuído para um relator e receber o parecer do Ministério Público. José Ricardo Porto ainda detalhou que "a juíza de lá, a doutora Higyna, é muito competente, uma magistrada que tem uma visão panorâmica de todos os acontecimentos da Zona Eleitoral. O TRE está tranquilo com a presença dela lá".

Até o momento, o TRE-PB recebeu pedido de envio de tropas federais somente para a cidade de Pedras de Fogo. No entanto, os requerimentos podem chegar até seis dias antes do pleito, conforme explicou o presidente do Tribunal ao ClickPB. José Ricardo Porto ainda reforçou que o clima na Paraíba, pouco antes das eleições permanece sendo de tranquilidade, "principalmente após essas proibições de proibição de carreatas, e comícios". Apesar de reconhecer que está é uma eleição atípica devido à pandemia do novo coronavírus, o desembargador enfatizou que "os juízes eleitorais e o membros do Ministério Público estão absolutamente atentos a todo o desenrolar do processo eleitoral".

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Advogado Raoni Vita critica criação de cartórios unificados e diz que OAB precisa restaurar voz ativa e respeitabilidade

Pacientes de Manaus recebem alta do Hospital Universitário de João Pessoa e celebram cura da Covid-19

Ouvidoria do Ministério Público já recebeu 19 denúncias de irregularidade em vacinação contra covid-19 na Paraíba

Funcionários denunciam falta de vacinas para setor de enfermagem do Hospital Nossa Senhora das Neves e dizem que equipe administrativa furou fila