Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Nesta quinta

Assembleia Legislativa da Paraíba aprova projeto de lei que proíbe fogueiras neste São João

O Projeto de Lei é de autoria do presidente da Assembleia, deputado Adriano Galdino, e visa proteger os pacientes acometidos pela Covid-19.

Projeto proíbe fogueiras de São João por causa da pandemia de covid-19 (Foto: Reprodução)

Por

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou nesta quinta-feira (18), o Projeto de Lei 1.817/2020, que proíbe fogueiras de São João em todo o estado. O projeto teve 28 votos a favor e uma abstenção, do deputado Ricardo Barbosa. Sete deputados estavam ausentes da sessão remota, que começou às 10h. O texto agora segue para sanção do governador João Azevêdo.

O Projeto de Lei é de autoria do presidente da Assembleia, deputado Adriano Galdino, e visa proteger os pacientes acometidos pela Covid-19. De acordo com as autoridades em saúde, a doença compromete o sistema respiratório e a fumaça das fogueiras poderia agravar o estado de saúde das pessoas contaminadas. 

Além disso, as fogueiras podem comprometer a saúde de pessoas alérgicas e ocasionar acidentes com queimaduras, exigindo assim do sistema de saúde que já se encontra bastante ocupado com pandemia de covid-19.

VEJA MAIS:

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Padre José Gilmar muda versão de sequestro e afirma em depoimento que mentiu

Banco Santander é condenado a indenizar cliente que foi feito refém durante assalto a agência na Paraíba

Cinemas e áreas de lazer de shoppings em João Pessoa são autorizados a funcionar com 50% da capacidade

Paraíba registra aumento de 65% de denúncias contra sonegação fiscal em dez meses