Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Polêmica

“Bolsominions são demônios”: Câmara de João Pessoa aprova por unanimidade voto de repúdio a Chico César por música

O requerimento foi da vereadora Eliza Virgínia, que considerou que a letra da música incentiva a intolerância religiosa.

Câmara aprovou voto de repúdio contra o cantor Chico César (Foto: Reprodução)

Por

A Câmara Municipal de João Pessoa aprovou por unanimidade, na manhã desta quinta-feira (13), um voto de repúdio ao cantor e compositor paraibano Chico César, por causa da letra da música ''Bolsominions são demônios''.

O requerimento foi da vereadora Eliza Virgínia. Na justificativa, a vereadora destacou o trecho da letra que diz "Bolsominions são demônios que saíram do culto para brincar de amigo oculto com Satan no condomínio". Por citar um culto, como costumam ser chamadas as celebrações da igreja evangélica, a vereadora argumenta que a canção incentiva a intolerância religiosa.

O projeto foi votado em bloco e sem destaque, o que pode ter feito com que alguns vereadores tenham votado sem saber exatamente do que se tratava.

LEIA TAMBÉM:



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Procurador da Paraíba se reúne com João Azevêdo para definir posição sobre volta às aulas presenciais em Cabedelo

Dia das Crianças: diferença no preço de brinquedos em lojas de João Pessoa pode chegar a 90%, diz pesquisa do Procon-JP

Projeto que cria serviço de denúncia de violência contra mulher via WhatsApp é aprovado na ALPB

Representantes do setor de eventos ainda aguardam ​reunião com Prefeitura de João Pessoa para discutir flexibilização