Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Em João Pessoa

Cadela é resgatada em alto-mar por guarda-vidas após fugir de residência em João Pessoa

A cadela se chama 'Aika' e escapou de casa quando a dona abriu o portão e não percebeu que ela havia ficado na rua, por volta das 8h dessa sexta-feira.

No vídeo, o bombeiro brinca com a cadela. "Tu vai pra onde? Num tá vendo que vai dar errado pra tu?" (Foto: Reprodução/Vídeo Corpo de Bombeiros PB)

Por

Uma cadela foi resgatada da água na praia do Cabo Branco, em João Pessoa, nessa sexta-feira (19). Bombeiros registraram em vídeo o momento em que encontraram o animal nadando na orla pessoense. Banhistas que a viram entrar na água acionaram a equipe de resgate.

A cadela se chama 'Aika' e escapou de casa quando a dona abriu o portão e não percebeu que ela havia ficado na rua, por volta das 8h de ontem. A proprietária somente se deu conta do sumiço do animal seis horas após a fuga.

A família iniciou uma campanha virtual para achar 'Aika' e ficou sabendo da divulgação do vídeo do resgate feito pelo Corpo de Bombeiros. Então, os parentes chegaram até a cadela que foi devolvida ao lar.

No vídeo, o bombeiro brinca com a cadela, a qual ele pensa ser um cachorro. "Tu vai pra onde? Num tá vendo que vai dar errado pra tu?" (sic)

Veja o vídeo.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Caminhoneiros suspendem protesto contra preço do diesel e taxa de frete

Criança de 7 anos torturada pela mãe é submetida a cirurgia de reconstrução do couro cabeludo

Inmet emite alerta de perigo potencial para 62 cidades na Paraíba por causa de chuvas

PRF nega bloqueios em rodovias da Paraíba, mas reconhece movimentação de caminhoneiros