Alto padrão

Caixas com garrafas de vinho avaliadas em mais de R$ 1.600 são apreendidas em endereços do Padre Egídio, em João Pessoa

Segundo apurou a reportagem do ClickPB, cada caixa teria ao menos seis exemplares da bebida.

Caixas com garrafas de vinho avaliadas em mais de R$ 1.600 são apreendidas em endereços do Padre Egídio, em João Pessoa

Como trouxe o ClickPB, a operação indignus ​tem como objetivo apurar os fatos que indicam possíveis condutas criminosas ocorridas no âmbito do Instituto São José, do Hospital Padre Zé e da Ação Social Arquidiocesana. — Foto:Reprodução/@clilsonjr

Alguns dos objetos apreendidos durante a operação indignus, realizada pelo Gaeco na manhã de hoje na Paraíba e em São Paulo, teriam sido ao menos três caixas com vinhos internacionais. A informação foi detalhada pelo jornalista Clilson Júnior. Segundo apurou a reportagem do ClickPB, cada caixa teria ao menos seis exemplares da bebida. O que chama atenção é que o vinho, ano 2015, é vendido em média por até R$ 1,660 na internet, com isso os valores de bens apreendidos, apenas em vinhos, pode chegar a quase R$ 30 mil (R$ 29.916). 

Como trouxe o ClickPB, a operação indignus tem como objetivo apurar os fatos que indicam possíveis condutas criminosas ocorridas no âmbito do Instituto São José, do Hospital Padre Zé e da Ação Social Arquidiocesana/ASA. Segundo as investigações há indícios de possíves desvios de recursos públicos destinados a fins específicos, por meio da falsificação de documentos e pagamento de propinas a funcionários vinculados às referidas entidades.

Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão expedidos pela  4ª Vara Criminal de João Pessoa. O ClickPB apurou em primeira mão que são oito mandados cumpridos na capital paraibana, um no município do Conde e dois no município de São
Paulo (SP). Conforme apurou a reportagem, na capital os mandados cumpridos são nos bairros do Bessa, Cabo Branco, Jardim Cidade Universitária e Bancários.  Até o momento não há detalhes sobre o valor total de bens apreendidos. 

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Procuradoria Geral da República denuncia Pâmela Bório por associação criminosa e outros crimes em 8 de janeiro

2

Paraíba

Acusado da morte de Júlia dos Anjos é condenado a mais de 40 anos de prisão

3

Paraíba

Residencial em Tambaú é autuado despejo irregular de esgoto

4

Paraíba

UFPB mantém calendário acadêmico e libera aula de professores que não aderiram à greve

5

Paraíba

VÍDEO: garis caem no forró enquanto recolhem lixo no Centro de Patos