Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Após erro

Caso Lucena: ​Ministério da Saúde pede cautela na aplicação das doses e diz que armazenamento e validade dos imunizantes cabem aos gestores locais

Estima-se que 60 crianças tenham sido imunizadas em uma UBS da zona rural com vacina de adulto.

Crianças imunizadas com vacina de adulto em Lucena estão sendo monitoradas. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Por

O Ministério da Saúde (MS) informou ao ClickPB, nesta segunda-feira (17), que está acompanhando o caso das crianças imunizadas indevidamente com vacina de adulto e vencidas no município de Lucena, que fica no Litoral Norte da Paraíba. O caso repercute nacionalmente. Estima-se que 60 crianças tenham sido vacinadas em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da zona rural dessa cidade sem ao menos ter chegado a vacina correta.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, a recomendação é que se tenha cautela na aplicação das doses aos profissionais e agentes de saúde responsáveis pela imunização. “A pasta monitora todos os eventos adversos relacionados com as vacinas contra a Covid-19”, reforçou.

O Ministério da Saúde, ainda comunicou que o armazenamento correto das vacinas, assim como o acompanhamento da validade dos frascos e sua aplicação cabem aos gestores locais do Sistema Único de Saúde (SUS), seguindo as orientações do Ministério.

A imunização de crianças no município de Lucena foi trazido pelo ClickPB na última sexta-feira (14), quando chegou o primeiro lote da vacina pediátrica. Uma das mães informou, por meio de vídeo, que os filhos já haviam sido imunizados antes das vacinas terem chegado em solo paraibano. Os imunizantes aplicados foram de adultos e após investigação, a Secretária de Estado da Saúde (SES-PB), descobriu que as vacinas estavam vencidas. 


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Marido de Pollyanna Dutra fica de fora da disputa pela Assembleia Legislativa da Paraíba após PL não homologar candidatura

Prefeitura de João Pessoa inicia cadastro de carroceiros nesta terça-feira

PDT lança candidatura avulsa de André Ribeiro ao Senado na Paraíba

Caminhos do Frio chega a Alagoa Nova com extensa programação entre debates, oficinas e artes