Paraíba

Cássio garante que professores pró-tempore não vão ser demitidos

None

O governador Cássio Cunha Lima anunciou no início da tarde desta terça-feira, em Cacimba de Dentro, que os professores “pró-tempore” do Estado não serão demitidos. “Nós temos que encontrar uma solução negociada, mas a possibilidade de demissão não entra nessa pauta de negociação”, disse o governador.

Em entrevista à Rádio Novo Horizonte, Cássio disse que tem procurado solucionar o problema dos professores “pró-tempore” do Estado à luz da legislação. “Por isso fizemos um concurso público na área da educação e já iniciamos a nomeação dos aprovados”, lembrou.

Nem todos os “pró-tempore” foram aprovados no concurso realizado pela Secretaria da Educação e Cultura. Outros estados, segundo o governador, enfrentam o mesmo problema de terem em salas de aula professores contratados por esse regime há muito tempo.

“O desejo, o trabalho e a vontade do nosso governo é encontrar uma solução para esse problema. A Constituição não permite a contratação dos ‘pró-tempore’ para o quadro de servidores do Estado. Esse é o problema. Vamos encontrar a solução”, afirmou o governador Cássio, descartando a demissão.

O governador também lembrou algumas ações do seu governo no setor de educação. “Estamos levando o ensino médio para todos os municípios do Estado. Dos municípios paraibanos, 54 não dispunham do ensino médio, em 2003. Hoje todos têm. Foi nosso governo que levou esse benefício para os nossos jovens”, argumenta o governador.

Cássio também lembrou que o governo realizou concursos, criou o Plano der Cargos, Carreira e Salários do magistério e tem feito grandes investimentos na educação.

Na visita a Cacimba de Dentro, o governador cumpriu agenda administrativa, visitando obras e o Programa Ciranda de Serviços.

Fonte: Secom PB

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Moradores de Jacaraú apostam carros para acertar eleição de vereador: “meu Siena contra a Parati dele”

2

Paraíba

Bombeiro que comandou força-tarefa da Paraíba relata desastre no Rio Grande do Sul: “cena apocalíptica” 

3

Paraíba

Prefeitura de Santa Rita vai torrar R$ 1,1 milhão por show de Gusttavo Lima; gasto com São João chega a R$ 5,5 milhões e ainda faltam 56 atrações

4

Paraíba

Desembargador José Ricardo Porto suspende decisão contra o município de São Mamede

5

Paraíba

Bombeiros encontram corpo em área de mangue em Marcação