Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Desequilíbrio

Centenas de cágados são resgatados em Santa Luzia após invasão a residências e ruas da cidade

No último domingo (3) após receber as denúncias, uma equipe da Prefeitura Municipal resgatou centenas que deixaram o Açude Padre Ibiapina e estavam perambulando fora de seu habitat natural, inclusive, com vários encontrados atropelados e mortos pelos carros.

Apesar de não apresentarem riscos à saúde da população esse animal é semiaquático e precisa do contato com a água para sobreviver. ​ (Foto: reprodução)

Por

Moradores da cidade de Santa Luzia foram surpreendidos com uma invasão de cágados em suas casas. Os quelônios que vivem nas margens do Açude Velho da cidade começaram a deixar o local e perambular pelas ruas e residências. No último domingo (3) após receber as denúncias, uma equipe da Prefeitura Municipal resgatou centenas que deixaram o Açude Padre Ibiapina e estavam perambulando fora de seu habitat natural, inclusive, com vários encontrados atropelados e mortos pelos carros. Apesar de não apresentarem riscos à saúde da população esse animal é semiaquático e precisa do contato com a água para sobreviver. 

Os moradores da região, disseram ser normal ver os cágados margeando o córrego do açude, mas que nos últimos dias a situação ficou descontrolada com uma grande quantidade de cágados indo para a rua. 

Em entrevista ao ClickPB, a presidente da Associação Guajiru da Paraíba, Danielle Siqueira, destacou que é preciso ter cuidado com o animal e, em caso venha a encontrar um fora do seu habitat deve-se entrar em contato com a equipe ambiental da cidade.

"Tem que ter cuidado quando for pegar, pois eles mordem, por isso a importância de saber que eles tem essa retração lateral do pescoço.  Eles tem esse amplo alcance, então segurando no casco muito pra cima a pessoa pode acabar levando uma mordida.  Eles também têm B tem unhas, então podem arranhar se a pessoa segurar. Melhor mesmo é ligar para alguém da ambiental ir buscar. Ah é importante saber que são de água doce", explicou, reforçando que não se deve confundir esse animal com os outros dois do grupo, já que a tartaruga é do mar e o jabuti da terra. 

Diferença entre Tartaruga, cágado e jabuti                           

Os três são da ordem Testudinata, ou quelônios. Esses répteis possuem várias diferenças entre si. Os jabutis são os quelônios terrestres.  Os cágados são os quelônios semiaquáticos, aqueles que realizam parte de suas atividades dentro da água e parte de suas atividades fora da água. Já as tartarugas vivem quase que inteiramente na água.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Cagepa suspende abastecimento de água na Grande João Pessoa

Emlur aciona MPT para garantir direitos trabalhistas dos agentes de limpeza

Forças de Segurança da Paraíba realizam, na quinta-feira, carreata em homenagem aos policiais mortos pela Covid-19

Mesmo com cobrança de taxa, transferência pelo Pix compensa mais que tarifas bancárias, diz técnica do Dieese