Elucidado

Como antecipado pelo ClickPB, polícia confirma que corpo encontrado em Bananeiras é de suspeito de matar Sophia

Durante uma entrevista coletiva, a força-tarefa montada pela cúpula da Segurança do estado, esclareceu que o caso está elucidado e detalhou as investigações.

Como antecipado pelo ClickPB, polícia confirma que corpo encontrado em Bananeiras é de suspeito de matar Sophia

A identidade do corpo foi obtida por meio de exame papiloscópico — Foto:Reprodução

O ClickPB antecipou desde essa segunda-feira (13) pela manhã e a polícia confirmou hoje: o corpo encontrado na zona rural de Bananeiras é mesmo de Tiago Fontes, o principal suspeito de matar Ana Sophia Gomes dos Santos, desaparecida desde o dia 4 de julho. Durante uma entrevista coletiva, a força-tarefa montada pela cúpula da Segurança do estado, esclareceu que o caso está elucidado e detalhou as investigações. 

De acordo com os peritos, foram coletadas as falanges dos dedos do corpo e feitos os exames periciais. O laudo, segundo a polícia, constatou que não restam dúvidas sobre a identidade de Tiago Fontes e que ele teria se matado por enforcamento.

Corpo encontrado

O corpo de Tiago Fonte foi encontrado no dia 9 de novembro em uma região de mata na zona rural de Bananeiras em avançado estado de decomposição. Como noticiou o ClickPB, o corpo estava amarrado com uma corda envolta no pescoço e foi encontrado por trabalhadores em uma propriedade.

A mandíbula do corpo, um dos principais pontos que podem ajudar a identificar a identidade de um corpo desconhecido, simplesmente sumiu. Tiago Fontes estava desaparecido desde o mês de setembro. 

Identificação do corpo

Conforme antecipou o ClickPB, a identidade do corpo foi obtida por meio de exame papiloscópico realizado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) da Paraíba.

Relembre o caso Ana Sophia

Em 04 de julho de 2023 Ana Sophia, de oito anos de idade, saiu de casa para brincar com uma amiga no próprio distrito onde residia, Roma, município de Bananeiras, Brejo do estado. Acostumados com a rotina, os familiares não se preocuparam com a saída dela. Porém, com o passar das horas, o fato da menina não retornar chamou a atenção dos familiares que foram buscá-la, mas não a encontraram.

Percebendo que a garota havia desaparecido, os pais procuraram a polícia que imediatamente iniciou as buscas. Durante os dias seguintes, sem obter pistas do sumiço da criança, uma força-tarefa foi montada envolvendo Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, além de populares que se engajaram nas buscas.

Ao menos cinco municípios da região foram vasculhados na tentativa de reencontrar Ana Sophia. Nenhuma busca obteve êxito.

Em setembro, após analisar várias imagens de câmeras do circuito de segurança de comércios locais, fazer perícias e juntar provas, a polícia passou a considerar Tiago Fontes como principal suspeito do crime. Entretanto, ele já havia desaparecido. Um pedido de prisão foi decretado contra ele, que continua sumido. 

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

VÍDEO: homens invadem balneário, matam duas pessoas e causam pânico em famílias que estavam no local

2

Paraíba

Número de emergência dos Bombeiros fica sem funcionar em quase 30 cidades por problemas na operadora

3

Paraíba

Jovem é morto a tiros por grupo armado no bairro do Rangel

4

Paraíba

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena 2712, e prêmio vai a R$ 66 milhões

5

Paraíba

Padre Egídio passa mal dentro de presídio, é internado e segue na UTI após cirurgia em João Pessoa