Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Luana Passos

Coronavírus: para gerente jurídica do Sebrae, medidas do governo contribuem para sobrevivência de pequenos negócios na Paraíba

A advogada destacou também que a Medida Provisória 936, que conhecida como a MP dos Salários ou Trabalhista, foi criada para ajudar as empresas e faz parte de um pacote de ações do Governo Federal.

O empregador deverá comunicar as condições ao Ministério da Economia em até 10 dias corridos. (Foto: Reprodução)

Por

Garantir sobrevida às empresas e os empregos a milhões de brasileiros. Essa é a análise que a gerente jurídica do Sebrae, Luana Passos, fez em entrevista ao vivo ao ClickPB nesta quarta-feira (8). Conduzida pelo jornalista Eliseu Lins e realizada através do instagram do portal, o encontro virtual também contou com a participação dos internautas que tiveram dúvidas e relataram a situação vivenciada por empresários e empregados com a pandemia do coronavírus.

A advogada destacou também que a Medida Provisória 936, que conhecida como a MP dos Salários ou Trabalhista, foi criada para ajudar as empresas e faz parte de um pacote de ações do Governo Federal. Para evitar demissões e agravar ainda mais a crise econômica causada pela pandemia.

Ela salientou ainda que o principal ponto da MP 936 é o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm), que visa promover acordos entre o empregador e o empregado, que garante que o trabalhador receba parte do salário e um complemento por parte do Governo.

Como proceder - O empregador deverá comunicar as condições ao Ministério da Economia em até 10 dias corridos. Se o empregador não informar neste prazo, somente terá validade a partir da data que for informado. Então, o trabalhador receberá o salário normal até a data em que a informação sobre o acordo foi efetivamente prestada.

Para isso, é necessário acessar o site servicos.mte.gov.br/bem para comunicar os acordos que fizerem com seus colaboradores. O Sebrae Paraíba permanece trabalhando em home office e conta com alguns canais de atendimento remoto, como o call center através do número 0800 570 0800, as redes sociais e o WhatsApp (83 99193-3372), além do site www.sebraepb.com.br .

A entrevista completa com Luana está disponível no instagram do portal ClickPB (instagram.com/portalclickpb), na parte dos Stories/Ao vivo.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Paraíba registra um óbito, 66 novos casos e 26% de ocupação de leitos Covid-19

Sessenta crianças do município de Lucena tomaram vacina contra Covid-19 para adultos, diz Geraldo Medeiros

Crianças imunizadas indevidamente em Lucena serão avaliadas e revacinadas no período de 30 dias, diz secretário de Saúde da Paraíba

Passageiros protestam contra cancelamento de voos e falta de funcionários da empresa Azul no Aeroporto Castro Pinto, na Paraíba