Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Agressão

Criador de projeto para pessoas com deficiência é mordido por homem que ocupou vaga especial em estacionamento

O esportista alertou o motorista do erro, mas foi ignorado. Nisso, ele entrou no cartório e gravou um vídeo relatando o ocorrido. Foi quando o homem lhe surpreendeu o atacando pelas costas

Por

O criador do projeto Power Radicais, Alexandre Pierre Mattei, foi agredido com mordidas por um homem que estacionou o carro em uma vaga para pessoas com deficiência em frente a um cartório em Cabedelo, na Grande João Pessoa, na tarde da sexta-feira (31). 

O esportista alertou o motorista do erro, mas foi ignorado. Nisso, ele entrou no cartório e gravou um vídeo relatando o ocorrido. Foi quando o homem lhe surpreendeu o atacando pelas costas, derrubando-o e mordendo seu pescoço e outras partes do corpo.

Alexandre tem um amigo cadeirante, o cantor Octávio Soares, o qual foi vítima de um assalto em 2013 e perdeu os movimentos das pernas após um tiro que atingiu sua coluna. A história dele foi exibida no Esporte Espetacular, da Rede Globo.

E a luta de Pierre vem também com a criação de um caiaque com leme e a conquista de um triciclo para kitesurf para cadeirantes, como o que é usado por Octávio na praia. O projeto Power Radicais, de Pierre, é voltado exclusivamente para deficientes físicos e envolve a prática de kitesurf, wakeboard e canoagem nas ondas.

No episódio dessa sexta-feira, Alexandre Pierer Mattei estava defendendo o direito das pessoas com deficiência quando foi agredido. "De manhã, fui com o Octávio prestigiar o Campeonato Brasileiro de Vôlei Sentado, onde ele cantou o Hino Nacional, abrindo o evento. À tarde, fui ao centro de Cabedelo pegar a escritura do terreno que comprei  com a finalidade de construir um clube para deficientes físicos. Já estava de saída e até chamei um Uber. Porém, flagrei um cara estacionando na vaga especial para deficientes físicos. No que o cidadão entrou no cartório, eu o comuniquei que aquela vaga era para deficientes e ele me respondeu: "Ah, tá bom...". E foi para o balcão para ser atendido. Eu insisti, pedindo que retirasse seu veículo dali. Neste momento, ele se enfureceu e gritou: "É da tua conta? Seu m**da!", relatou Alexandre ao ClickPB.

Após essa reação, ele resolveu gravar tudo o que acontecia. "Como pode-se ver, na primeira filmagem, o cidadão me agrediu, pelas costas e fomos os dois para o chão. Sendo que, ao cair, senti que o homem já estava grudado mordendo minha jugular. Consegui virar e passar para cima dele, tentei aplicar uma chave, mas a turma do 'deixa disso' ficava me puxando e ele aproveitava para me morder mais ainda, levei diversas mordidas. Só que, realmente, eu estou bem fraco, por causa do Linfoma e o cara era grande, como pode-se ver nas imagens."

Alexandre Pierre disse ainda ao ClickPB que acionou a Polícia Militar e que esperou mais de uma hora e a equipe da PM não compareceu ao cartório. "Desisti de esperá-los e fui à delegacia para fazer o BO. Dali, fui ao hospital para ser medicado e, de lá,  fui ao IPC para fazer o Corpo de Delito."

Pierre relatou que interviu na situação porque vê o quanto as pessoas com deficiência sofrem com a falta de vagas em estacionamentos, como o amigo Octávio. "Ele sofre com a ocupação indevida das vagas de deficientes."

Alexandre Pierre Mattei defende ações mais consistentes em defesa das pessoas com deficiência. "Precisamos iniciar uma grande campanha em prol da conscientização das pessoas quanto às vagas especiais. Ninguém faz nada para coibir este absurdo. Todas as vezes que rodei de carro com o Octávio,  nunca,  mas nunca mesmo, encontramos uma vaga especial livre. Sempre ocupadas indevidamente."

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Terminais de autoatendimento são obrigados a dispor de álcool em gel 70%

Terminal de Integração do Varadouro é higienizado e recebe placas de orientação e marcações de distanciamento social

Pesquisadora da UFPB cria inseticida de agave que mata o mosquito da dengue

João Azevêdo anuncia na próxima segunda-feira a retomada de mais de 200 obras que estavam paradas por causa da pandemia