Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Prevenção

CRM-PB interdita posto de Saúde após médica ser vítima de assédio em Lastro, Sertão da PB

Falta de segurança para os profissionais foi o principal motivo da interdição.

O diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, afirmou que a unidade de saúde não possui segurança e uma médica vinha recebendo ameaças constantes de um paciente. (Foto: reprodução)

Por

Após uma médica ser vítima de perseguição e assédio por um paciente, na cidade de Lastro, no Sertão da Paraíba, o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente a Unidade Básica de Saúde da Familia (USF) Maria Abrantes Ferreira. A partir da zero hora deste sábado (29), a unidade não contará mais com os serviços médicos que beneficiam 2,7 mil habitantes, nesse que é o único posto de saúde do município. 

O diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, afirmou que a unidade de saúde não possui segurança e uma médica vinha recebendo ameaças constantes de um paciente. “A médica estava sendo assediada por um paciente há mais de quatro meses sem que fossem tomadas medidas protetivas. A denúncia anteriormente já havia sido feita à polícia, à Prefeitura e ao Ministério Público, mas nenhuma providência foi tomada”, disse o diretor de fiscalização. 

“O CRM preza pelo atendimento médico de qualidade à população e pela segurança e o respeito aos profissionais no local de trabalho. Esta agendada uma vistoria na unidade de saúde do municipo nos próximos dias. A desinterdicao ética estará condicionada à disponibilização da segurança pelo setor público”, completou João Alberto.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

MPPB destina R$ 1 milhão para compra de mais de 10 mil testes e kits de detecção do coronavírus

Pagamento de contas de luz atrasadas podem ter prazos negociados na PB, diz Energisa

Deputado paraibano relator da PEC do Orçamento chama atenção de parlamentares sobre prioridades com a pandemia do coronavírus

Campina Grande terá hospital de campanha com 42 novos leitos; obras deverão ser concluídas em 20 dias