Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Educação

Decreto suspende retorno de aulas presenciais em escolas públicas na Paraíba; rede privada poderá ter aulas presenciais de turmas até o 5º ano

As escolas e instituições privadas do ensino fundamental das séries iniciais e do ensino infantil poderão funcionar em sistema híbrido ou por meio remoto, conforme a escolha dos pais e responsáveis, nos termos do decreto 41.010, de fevereiro de 2021.

Essa suspensão que entra em vigor a partir desta quarta-feira (24) e permanecerá até o dia 10 de março. (Foto: reprodução)

Por

O Diário Oficial do Estado (DOE), publicado na tarde desta terça-feira (23), estabelece medidas mais rigorosas para tentar conter a disseminação do coronavírus e evitar aglomerações no território paraibano. No documento que o ClickPB teve acesse, entre as medidas está o segmento da educação que terá suspensão das aulas presenciais na rede pública de ensino. Já na rede privada, as aulas presenciais permanecem em turmas até o 5º ano do ensino fundamental. 

Segundo o decreto sancionado pelo governador João Azevêdo, fica determinada a suspensão do retorno das aulas presenciais nas escolas das redes públicas estadual e municipais, em todo território estadual com a manutenção do ensino remoto.

As escolas e instituições privadas dos ensinos superior, médio e fundamental das séries finais, funcionarão exclusivamente através do sistema remoto. Já as escolas e instituições privadas do ensino fundamental das séries iniciais e do ensino infantil poderão funcionar em sistema híbrido ou por meio remoto, conforme a escolha dos pais e responsáveis, nos termos do decreto 41.010, de fevereiro de 2021.

Essa suspensão que entra em vigor a partir desta quarta-feira (24) e permanecerá até o dia 10 de março. O objetivo é barrar a rápida proliferação da Covid-19 e o risco eminente de colapso com a possível falta de leitos nos hospitais do Estado.



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Internado em São Paulo, José Aldemir apresenta melhora e deixa intubação

Motorista perde controle e carro de luxo invade prédio de universidade na Paraíba

Medow assina Termo de Ajustamento de Conduta para realização das lives d’O Maior São João do Mundo

Empresa aérea deve pagar indenização de R$ 5 mil por atraso de voo