Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Calvário

Defesa de Waldson de Souza protocola desistência do pedido de habeas corpus

O Portal ClickPB entrou em contato com o advogado Francisco Tiburtino de Almeida Neto, um dos advogados de defesa, que informou não estar autorizado para falar sobre o assunto.

No domingo (22), por volta das 13h, o pedido de habeas corpus tinha sido protocolado pela defesa do réu. (Foto: Reprodução)

Por

A defesa do ex-secretário de Planejamento do Governo do Estado, Waldson de Souza protocolou na noite deste domingo (22), desistência do pedido de habeas corpus. O Portal ClickPB entrou em contato com o advogado Francisco Tiburtino de Almeida Neto, um dos advogados de defesa de Waldson. Ele disse que o assunto é uma questão interna e não estava autorizado para falar.

No domingo (22), por volta das 13h, o pedido de habeas corpus tinha sido protocolado pela defesa do réu.O pedido seria relatado pela ministra Maria Thereza de Assis Moura.

De acordo com o sistema do STJ, o processo foi movimentado às 13h20, quando foi determinada a distribuição ao gabinete da ministra Laurita Vaz, que já foi presidente do Tribunal. Às 13h21, o pedido de habeas corpus já estava concluso e foi redistribuído para decisão da ministra Maria Thereza de Assis Moura.

Porém, às 23h17 foi protocolado o documento para desistência do processo. 


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

OAB/PB recebe pela primeira vez na sua história o registro de uma chapa liderada por uma mulher

Projeto Cidade Viva Fitness abre inscrições para famílias

Hospital de Clínicas vai oferecer consultas médicas para pacientes que necessitam de cirurgias eletivas

Ex-presidente da Câmara de Cacimba de Areia é condenado por nepotismo