Investigado

Defesa do Padre Egídio pede habeas corpus na Justiça da Paraíba para anular provas do Gaeco sobre desvios no Padre Zé

O ClickPB tomou conhecimento que o pedido da defesa é para a total anulação de provas sob alegação de que a investigação do Gaeco partiu de uma denúncia anônima.

Caso padre zé

Padre Egídio de Carvalho é acusado de comandar esquema de desvios milionários, em hospital da PB. (foto: reprodução/arquivo/redes sociais)

A defesa do Padre Egídio entrou com pedido de habeas corpus na Justiça da Paraíba para anular as provas obtidas pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba sobre a denúncia de desvios de recursos do Hospital Padre Zé. A informação foi obtida pelo ClickPB nesta sexta-feira (3).

O ClickPB tomou conhecimento que o pedido da defesa é para a total anulação de provas sob alegação de que a investigação do Gaeco partiu de uma denúncia anônima. Os advogados de defesa, do escritório em Pernambuco, José Rawlinson Ferraz, José Gaia Torres Ferraz e José Rawlinson Ferraz Filho, entenderam que deveriam ter sido coletadas provas mais robustas para embasar o processo.

A denúncia sobre os desvios no Hospital Padre Zé terá como relator no Tribunal de Justiça da Paraíba o desembargador Ricardo Vital de Almeida.

O ClickPB falou com o advogado paraibano Sheyner Asfora, que compõe a defesa do padre na Paraíba, mas ele informou que não poderia se manifestar sobre o assunto porque não participou da elaboração nem subscreveu o pedido. Sheyner destacou ao ClickPB que não está a par do que está sendo encaminhado.

Saiba mais

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Procon quer notas fiscais e notifica posto que vende gasolina a R$ 6,50, na Paraíba

2

Paraíba

Francisco Fidelis: 90 anos do Quinto Constitucional e a importância da advocacia no Poder Judiciário da Paraíba

3

Paraíba

Congestionamento de 4 km para trânsito da BR-230 em João Pessoa; saiba qual trecho

4

Paraíba

Procurador Geral diz que Joao Azevêdo não vai se envolver na disputa para desembargador no Tribunal de Justiça

5

Paraíba

Celso Batista afasta possibilidade de desistência de pré-candidatura, em meio a apoio de ala do PSOL a Cartaxo