Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Mistério

Dois dias: padre José Gilmar segue desaparecido e investigações continuam na Paraíba

A polícia ainda não tem pistas sobre o caso e aguarda autorização judicial para acessar informações do celular do padre.

Padre desapareceu há dois dias (Foto: Reprodução)

Por

As buscas pelo padre José Gilmar, desaparecido há dois dias, continuam. O padre, que atuava na Paróquia Santa Terezinha, no bairro do Róger, em João Pessoa, sumiu no fim da manhã dessa terça-feira (13). A polícia ainda não tem pistas sobre o caso e aguarda autorização judicial para acessar informações do celular do padre.

O delegado responsável pelo caso, Victor Melo, contou que já ouviu pelo menos seis pessoas próximas ao padre e deve ouvir mais ainda nesta quinta-feira (15). Segundo ele, ainda é muito cedo para saber o que aconteceu e nenhuma hipótese está descartada. 

As informações que se tem até o momento são de que o padre saiu por volta das 11h30 para encomendar um corpo em um velório, mas não chegou ao local. Ao meio-dia ele enviou uma mensagem para um amigo com a palavra ''socorro'', mas a mensagem só foi visualizada às 15h, quando começaram a procurá-lo. Nesse momento o celular do padre já estava desligado e ele não foi mais visto.

Nessa quarta-feira (14), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou imagens de um carro semelhante ao do padre, registradas pela câmera de segurança do posto operacional de Mata Redonda, na BR-101, indo na direção de Recife. A PRF não conseguiu confirmar, porém, a placa do veículo filmado. O padre conduzia um veículo Fox, na cor grafite, de placa QFP 4874, até desaparecer.

Depois disso, a PRF chegou a receber denúncias de que o carro do padre estaria na divisa com Pernambuco ou na divisa com o Rio Grande do Norte, mas o veículo não foi encontrado em nenhum dos locais apontados pelos denunciantes.

LEIA TAMBÉM:

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

​Estudantes de Catolé do Rocha, do IFPB, ganham Torneio Internacional de Robôs​

Investimentos de US$ 207 milhões irão assegurar obras do Sistema Adutor TransParaíba, barragens na bacia Piranhas/Açu​ e ampliar saneamento da Cagepa

Prefeito eleito de Campina Grande quer reunião com governador João Azevedo e já articula encontro com Bolsonaro a partir de janeiro

Secretaria de Saúde da Paraíba recomenda ceia e réveillon apenas entre familiares que já convivem, higienização de presentes e uso de máscaras durante pandemia de covid-19