São José

Empresas investigadas pelo Gaeco e contratadas por prefeitura paraibana estariam em nome de ‘laranjas’, detalha promotora

Conforme apurou o Clickpb, a promotora Jamille Lemos detalhou que as empresas estariam em nome de terceiros mas seriam, na verdade, da primeira-dama do município.

Gaeco

Operação do Gaeco e Polícia Militar (foto: reprodução).

As empresas investigadas na operação ‘Dionísio’, desencadeada na manhã desta quarta-feira (07) por meio do Gaeco, em São José dos Ramos, não teriam prestado serviços a prefeitura municipal, de acordo com o Ministério Público. Conforme apurou o Clickpb, a promotora Jamille Lemos detalhou que as empresas estariam em nome de terceiros mas seriam, na verdade, da primeira-dama do município. 

“[O] objeto é apurar crimes em torno de licitações e contratos celebrados entre a prefeitura de São José dos Ramos e empresas que pertenceriam de fato, a esposa do prefeito e atual secretária de finanças do município. Essas empresas estariam em nome de laranjas, pessoas interpostas. E os contratos seriam para prestação de serviços de buffet e decoração em eventos. E não há comprovação da prestação desses serviços”, detalhou a promotora. 

Como detalhou o Gaeco, a operação deflagrada hoje cumpre mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). De acordo com informações obtidas pela reportagem, além de São José dos Ramos foram cumpridos mandados em Itabaiana e Caldas Brandão. 

| Leia mais sobre o caso:

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Loja da Paraíba é condenada a indenizar consumidora em R$ 4 mil por não cumprir seguro de celular; saiba qual

2

Paraíba

Sudema notifica restaurante para remover lançamento de água suja para a areia da praia em João Pessoa

3

Paraíba

Luciano Cartaxo descarta intriga e diz que federação PT com PV e PcdoB está unida: “não tem mais batalha, tudo definido”

4

Paraíba

“Pronto para receber de braços abertos”, diz Nilvan sobre aliança com o PSB; partido deve indicar vice

5

Paraíba

Cartaxo diz que escolha de Amanda Rodrigues como pré-candidata a vice traz fortalecimento das mulheres na gestão pública