Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Sobre covid-19

EXCLUSIVO: livros superfaturados sobre o coronavírus chegaram a ser distribuídos em Aroeiras

O ClickPB teve acesso a uma imagem que uma paciente publicou nas redes sociais agradecendo pelo livro que recebeu de um profissional da saúde.

Livros foram comprados por valor mais alto que o de mercado (Foto: Polícia Federal na Paraíba)

Por

As investigações da Polícia Federal encontraram indícios de que os livros superfaturados sobre covid-19, adquiridos pela prefeitura de Aroeiras, no Agreste paraibano, chegaram a ser distribuídos com a população.

O ClickPB teve acesso a uma imagem que uma paciente publicou nas redes sociais agradecendo pelo livro que recebeu de um profissional da saúde.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (23), a Operação Alquimia, para investigar o desvio de recursos públicos mediante crimes licitatórios envolvendo a Prefeitura de Aroeiras. A operação foi deflagrada em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado da Paraíba – Gaeco, e com auxílio do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB).

A investigação foi motivada por denúncia feita pelo ClickPB, no último dia 15 de abril, que mostrou que a Prefeitura de Aroeiras havia adquirido, sem licitação, sete mil livros sobre o covid-19, no valor total de R$ 297,3 mil. Após a repercussão negativa, o prefeito chegou a divulgar uma nota afirmando ter desistido da compra.

A investigação da Polícia Federal demonstra que livros e cartilhas similares estão disponibilizadas gratuitamente na página do Ministério da Saúde na internet. 

Ademais, a CGU apontou que um dos livros foi adquirido pelo Município cerca de 330% acima do valor comercializado na internet, o que ocasionou um superfaturamento correspondente a R$ 48.272,00.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Quase 55 mil pessoas vacinadas contra Covid-19 na Paraíba são de outros estados, aponta Tribunal de Contas

João Pessoa cria “Disk Escola” para reforçar fiscalização em escolas privadas no cumprimento de decretos

Ministério Público irá judicializar ação civil pública contra donos de academia em Manaíra por violação à saúde durante pandemia da Covid-19

Barragem de Pilões sangra após chuvas e garante abastecimento no Sertão da Paraíba