Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Cura

Frei Anastácio defende legalização da Cannabis para fins medicinais e diz que familiares usam o medicamento para tratamento de saúde

O parlamentar também defende que haja um debate acerca da importância da substância no tratamento de doenças graves, como forma de ajudar a salvar vidas e amenizar o sofrimento de quem convive com patologias crônicas.

O Projeto de Lei nº 399/15 que trata sobre a comercialização no território nacional de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta Cannabis sativa em sua formulação autoriza a fabricação dos medicamentos a base da planta em todo o (Foto: reprodução)

Por

O deputado Frei Anastacio (PT-PB) defende o plantio da Cannabis para fins medicinais e deverá votar favorável ao projeto que legaliza o uso da erva para tratamento de doenças. O parlamentar disse ao ClickPB, nesta quinta-feira (20) que conhece pessoas que já usam remédios produzidos a partir da erva, inclusive familiares dele. O projeto está na Comissão Especial e a votação será exclusiva para quem é membro da Comissão. 

Devido a complexidade, foi criada uma comissão especial para tratar apenas do PL 399, o regimento da Câmara prevê que, se aprovado na comissão, o projeto vai direto ao Senado Federal. No entanto, se houver requerimentos de 52 deputados, poderá ir a plenário. A votação que seria realizada na última terça-feira (18) acabou sendo mais uma vez adiada e não tem ainda data marcada.

O Projeto de Lei nº 399/15 que trata sobre a comercialização no território nacional de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta Cannabis sativa em sua formulação, autoriza a fabricação dos medicamentos a base da planta em todo o território. 

Na Paraíba, o medicamento produzido com base na planta custa 10% do valor do que é importando. O óleo é feito pela ONG Abrace Esperança, uma associação de pacientes que desde 2017 possui autorização da Justiça para usar as substâncias extraídas da Cannabis, como o canabidiol (CBD) e o tetra-hidrocanabidiol (THC) no tratamento de centenas de pacientes em terapias contra a epilepsia, câncer e outras enfermidades graves.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

João Azevêdo entrega pavimentação, ginásio e autoriza obras em Alagoa Nova, Lagoa Seca e São Sebastião de Lagoa de Roça

João Pessoa segue aplicando D1 para 12+, D3 para 60+ e D2 para demais públicos do plano vacinal

Prefeito Cicero Lucena assina empréstimo no valor de R$ 100 milhões para pavimentação de 500 ruas em João Pessoa

Dois Centros de Educação Infantil em João Pessoa serão os primeiros na testagem para inquérito sorológico nas escolas da Paraíba