Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

APA

Governo estuda proibir rede de pesca de Cabedelo ao Seixas, em Área de Proteção Ambiental

A APA abrange desde Cabedelo, próximo a Areia Vermelha, até a área após o Seixas.

No último domingo (10) sete tartarugas foram encontradas mortas, presas em uma rede de pesca, no Bessa. (Foto: Reprodução)

Por

O Governo do Estado criou a Área de Proteção Ambiental - APA do Naufrágio Queimado, que vai possibilitar a proteção dos arrecifes na orla de João Pessoa e, inclusive, proibir redes de espera no entorno dos arrecifes, que tem matado tartarugas na orla paraibana.  

A APA abrange desde Cabedelo, próximo a Areia Vermelha, até a área após o Seixas. No último domingo (10) sete tartarugas foram encontradas mortas, presas em uma rede de pesca, no Bessa. Apenas uma tartaruga que estava presa na rede ainda estava viva.     

"Com a efetivação da APA, é nomeado o conselho gestor dela, que pode tomar medidas, inclusive emergenciais, dentro do território da APA, antes mesmo que seja concluído o plano de manejo", explicou Ivan Buriy, secretário executivo de Turismo. 

De acordo com Ivan Burity, a rede de espera, uma espécie de rede de armadilha, traz riscos a vários animais. "Mortal para as tartarugas, para os golfinhos, porque são animais que respiram oxigênio fora da água, não respiram dentro d'água. Então, apesar de serem aquáticos, se ele fica preso na rede, morre afogado, porque acaba o fôlego e não pode subir", explicou o secretário. 

Ele disse que vai sugerir ao conselho, como medida, a possibilidade de uma determinação imediata, emergencial, até que o plano de manejo fique pronto, e proibir essas redes de espera nas proximidades dos bancos de corais, que já são áreas de proteção ambiental", disse.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

TCE-PB aprova as contas de Luís Tôrres

Bruno Cunha Lima não descarta filiação ao PSD

Prefeituras são alvos de inquérito por aumentar salários de servidores com diplomas de universidade irregular

Gasolina apresenta alta de R$ 0,50 e litro chega a R$ 4,59 em João Pessoa