Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Preconceito

Grupo de idosas moradoras do Cabo Branco quer que deficientes deixem de frequentar a praia

A informação foi confirmada pela vereadora Helena Holanda, que revelou ao Portal ClickPB o susto que tomou com a solicitação feita pelas senhoras na própria Câmara Municipal de João Pessoa, na manhã desta quarta-feira.

Segundo a vereadora, o grupo a procurou para pedir que ela impedisse ou restringisse a presença de pessoas com deficiência na orla da capital paraibana, já que ela é uma das incentivadoras do projeto Praia Cidadão, existente há mais de oito anos. (Foto: Reprodução)

Por

Cinco idosas residentes no metro quadrado mais caro da Paraíba, o bairro do Cabo Branco querem que pessoas com alguma deficiência deixem de frequentar a praia. A informação foi confirmada pela vereadora Helena Holanda, que revelou ao Portal ClickPB o susto que tomou com a solicitação feita pelas senhoras na própria Câmara Municipal de João Pessoa, na manhã desta quarta-feira (21).   

Segundo a vereadora, o grupo a procurou para pedir que ela impedisse ou restringisse a presença de pessoas com deficiência na orla da capital paraibana, já que ela é uma das incentivadoras do projeto Praia Cidadão, existente há mais de oito anos.  O projeto acontece todos os sábados, no trecho em frente à Fundação Casa de José Américo, contando também com o apoio de voluntários que são orientados para atender às necessidades especiais dos usuários.

“As idosas me procuraram, em tom de intimação, para que eu mudasse o local do projeto porque estava incomodando, segundo elas, as pessoas ilustres que residem no local, ainda tiveram a ousadia de dizer essa aberração. Eu não respondi à altura porque são pessoas idosas e eu devo receber as demandas e executar se puder e achar necessário. Essa eu jamais executarei. Pelo contrário, o projeto vai permanecer lá e será ampliado”, explicou Helena, que é militante dos idosos e deficientes. A parlamentar que tem 69 anos está em seu primeiro mandato. Ela é do Partido Progressista. 

De acordo com ela, depois desse pedido, o programa Acesso Cidadão será ampliado mais ainda. "Esse programa traz muitos benefícios às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Elas passam a aproveitar o fim de semana de uma forma mais saudável e depois disso, aí que será ampliado mesmo", explicou.

O projeto é uma parceria da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Planejamento (Seplan), com a Fundação Casa José Américo; a ONG Assessoria e Consultoria para Inclusão Social; e a Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad).

Vereadora Helena Holanda


Saiba mais:

Helena Holanda detalha abordagem de senhoras do Cabo Branco pedindo a saída de deficientes da praia

Grupo de idosas moradoras do Cabo Branco quer que deficientes deixem de frequentar a praia

Cida Ramos acionará a Justiça para que grupo de idosas responda criminalmente por pedido de excluir deficientes da praia

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Motoristas de transporte escolar protestam por auxílio emergencial em João Pessoa

Idosa que contraiu raiva humana após ser mordida por raposa morre em João Pessoa

João Azevêdo veta programa de auxílio emergencial para trabalhadores do setor cultural da Paraíba

Concessionárias prestadoras de serviços públicos devem fornecer EPIs para funcionários como prevenção ao Covid-19