Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Pandemia

João Azevêdo descarta possibilidade da Paraíba sediar Copa América: "o que precisamos agora são vacinas"

Segundo ele, neste momento de crise sanitária provocada pela pandemia não seria prudente sediar um evento que gera aglomerações.

O governo de Pernambuco, já vetou jogos no estado, assim como o de Minas Gerais e Bahia. (Foto: reprodução)

Por

Com uma série de recusas em países da América do Sul, diversos estados brasileiros também reforçam a corrente de não sediar a Copa América com o cenário de aumento de contaminações da covid-19. O governador João Azevêdo (Cidadania) foi mais um dos gestores que descartaram a possibilidade de realização de jogos da Copa América. Segundo ele, neste momento de crise sanitária provocada pela pandemia não seria prudente sediar um evento que gera aglomerações. 

Conforme apurou o ClickPB, o chefe do Executivo estadual, fez uma postagem em seu perfil no Twitter na noite desta segunda-feira (31) em que defende a não realização de qualquer evento que possa gerar aglomerações. 

"A Paraíba, apesar de nossos esforços, vive um aumento nos números da Covid-19. Acreditamos que não seja a hora de sediar grandes eventos, e que não será possível apresentar qualquer proposta do Governo do Estado com relação à Copa América, já refutada por países vizinhos. O que precisamos agora são vacinas, em quantidade suficiente e com celeridade. Quando as vidas das pessoas estiverem a salvo, aí sim, podemos pensar em eventos de grande porte", disse.

Além disso, não se pode menosprezar a pandemia da covid-19, que já vitimou mais de 7.672 pessoas na Paraíba, de acordo com o boletim epidemiológico desta segunda-feira (31) da Secretaria de Saúde.

Após a recusa de países como Colômbia e Argentina, a Conmebol confirmou o Brasil como nova sede da Copa América deste ano, nesta segunda. Ainda segundo a Conmebol, as capitais que sub-sediarão a competição, com início previsto para o dia 11 de junho, ainda não foram definidas. O governo de Pernambuco, já vetou jogos no estado, assim como o de Minas Gerais e Bahia. 

O impasse se dá a menos de onze dias do evento começar. De acordo com a Confederação, as datas de início e final do torneio estão confirmadas: 11 de junho e 10 de julho. A tabela de jogos e os estádios utilizados serão confirmados em breve.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Paraíba tem apenas dois municípios na bandeira laranja na 36ª avaliação do Novo Normal

Paraíba registra 234 casos de covid-19 e 22% de ocupação de leitos de UTI neste sábado

Campinense enfrenta América-RN valendo vaga para Série C com segurança policial reforçada no Amigão

Dez meses após denúncia de Isa Penna, Cury é notificado em caso de importunação sexual