Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Guerra

João Azevêdo manifesta solidariedade a ucranianos, repudia força bélica e coloca secretaria à disposição para repatriar paraibanos na Ucrânia

O gesto disse, por meio de mensagem em seu Twitter, nesta sexta-feira (25) que a Paraíba já colocou à disposição para repatriar paraibanos na Ucrânia​, a Secretaria Estadual de Representação Institucional (SERI-PB).

Os combates se intensificaram entre a noite de quinta-feira e madrugada de sexta (horário de Brasília), com intenso bombardeio em diversas cidades do país. (Foto: reprodução)

Por

O governador João Azevêdo manifestou solidariedade aos ucranianos e repudiou a força bélica usada pela Rússia, que desde o último dia 21, invadiu Kiev com tropas e segue bombardeando. O gestor disse, por meio de mensagem em seu Twitter, nesta sexta-feira (25) que a Paraíba já colocou à disposição para repatriar paraibanos na Ucrânia, a Secretaria Estadual de Representação Institucional (SERI-PB).

"Estamos nos colocando à disposição para auxiliar na repatriação dos paraibanos e paraibanas que estão na Ucrânia. Determinei a Secretaria de Representação Institucional, que não poupe esforços junto ao Itamaraty para minimizar os impactos aos cidadãos do nosso estado", disse o gestor.

Os combates se intensificaram entre a noite de quinta-feira e madrugada de sexta (horário de Brasília), com intenso bombardeio em diversas cidades do país. Sirenes de alerta foram soadas em Kiev e Lviv, centenas de cidadãos já foram mortos, além de três soldados da patrulha de fronteira ucraniana foram mortos durante um bombardeio em Zaporizhia.

SAIBA MAIS:

Conflito entre Rússia e Ucrânia pode afetar preço do combustível, aumentar queda em investimentos, além de fomentar crise humanitária, diz especialista


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bebê é internado em estado grave e com sinais de maus tratos no Hospital de Trauma em João Pessoa

IFPB é bicampeão mundial da Huawei ICT Competition na categoria nuvem

Empaer realiza leilão virtual de 63 carros usados, no próximo sábado; Saiba como participar

Gilmar Mendes manda para o TRE-PB processo principal da Operação Calvário ao acatar recurso do ex-governador Ricardo Coutinho