Justiça

Juiz aceita denúncia e torna réu médico Kauê Seabra por agredir ex-esposa na frente dos filhos

Juiz de direito, André Ricardo, titular do Juizado de Violência Doméstica da Capital, foi o responsável por acolher a denúncia do Ministério Público da Paraíba.

Kauê Seabra, Juiz

Médico Kauê Seabra (Foto: reprodução)

O juiz de direito, André Ricardo, titular do Juizado de Violência Doméstica da Capital, recebeu uma denúncia do Ministério Público da Paraíba (MPPB) contra o médico Kauê Seabra. O profissional se tornou réu por crime de lesão corporal contra sua ex-esposa, a médica Mikaella Lacerda.

Como observado pelo ClickPB, na denúncia, o MPPB relata lesões comprovadas por exame traumatológico feito pela vítima em agosto de 2023. As agressões, segundo os advogados da vítima, Diego Cazé e Rinaldo Mouzalas, foram gravadas e aconteceram na frente dos filhos menores do ex-casal.

Ainda na denúncia, o promotor Rogério Lucas afirmou que Kauê Seabra tentou destruir provas, mediante exclusão das imagens das agressões. O promotor pede que o médico seja condenado a até quatro anos de prisão e faça reparação de danos à vítima por humilhação e sofrimento causados pelo crime.

Relembre o caso

Como publicado pelo ClickPB em dezembro, o médico foi denunciado após cometer uma série agressões contra Mikaella Lacerda, sua ex-esposa.

Mikaella procurou a Delegacia da Mulher, em João Pessoa, após ter sido agredida por Kauê na frente do filho do casal. Ela foi submetida a um exame de corpo de delito que comprovou as agressões e a denúncia culminou na concessão de medida protetiva. Além das agressões físicas, o médico também é acusado de violência psicológica e patrimonial, já que ameaçava a vítima com frequência e até mesmo a obrigava a repassar o seu salário.

Em vídeos registrados pelas câmeras de segurança instaladas no apartamento em que o casal residia é possível verificar algumas das agressões do médico. Também é possível observar a última agressão, quando a vítima foi empurrada na frente do próprio filho do casal. Após esta agressão, a vítima ligou para a polícia e gritou por socorro na janela de casa. Os vizinhos ouviram os gritos e tentaram prestar socorro, de acordo com depoimentos feitos na delegacia.

Os advogados do médico Kauê Seabra negaram violência por parte dele contra a esposa, embora tenham admitido que pesa contra ele uma medida protetiva o impedindo de de se aproximar da ex-companheira.

Veja abaixo a decisão do juiz:

Leia mais:

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Prefeitura de Santa Rita desembolsa mais R$ 55 mil com três shows do São João; gasto total passa dos R$ 5,5 milhões

2

Paraíba

Condomínio no Cabo Branco é notificado por liberar água da área de banho na rede de esgoto

3

Paraíba

Inmet alerta para risco de acumulado de chuva de até 50 milímetros em 35 municípios da Paraíba

4

Paraíba

Luciano Cartaxo recebe alta hospitalar após cinco dias internado, em João Pessoa

5

Paraíba

Polícia Civil prende investigados por latrocínio no município de Matinhas