Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Decisão

Justiça suspende decreto de flexibilização e manda prefeitura de Cabedelo fechar o comércio e bares

Na decisão, a juíza argumentou que há preponderância da norma estadual sobre a municipal. O município tem 15 dias para contestar a decisão.

Comércio e bares de Cabedelo não poderão reabrir (Foto: Reprodução)

Por

A juíza Teresa Cristina de Lyra Pereira Veloso, da 4ª Vara Mista de Cabedelo, acatou, nesta terça-feira (30), pedido do Ministério Público da Paraíba e suspendeu os efeitos do decreto municipal que permitia a reabertura do comércio de Cabedelo.

Na decisão, a juíza argumentou que há preponderância da norma estadual sobre a municipal e que é possível que pacientes de covid-19 de Cabedelo estejam sendo tratados em outros municípios, não sendo contabilizados na cidade.

O município tem 15 dias para contestar a decisão e a multa diária em caso de desobediência é de R$ 100 mil.

Com a decisão, o Manaíra Shopping também deve ficar impedido de abrir as mais de 70 lojas localizadas no município de Cabedelo, como planejava fazer a partir desta quarta-feira (1).

Recomendação - O Ministério Público da Paraíba expediu recomendação a Prefeitura de Cabedelo no último domingo (28) para que o prefeito Vitor Hugo não levasse adiante os planos de reabrir o comércio. Pela classificação realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, o município encontra-se na bandeira laranja, que só permite o funcionamento de atividades essenciais.

O prefeito Vitor Hugo, por sua vez, afirmou que o município possui 15 leitos para pacientes de covid-19 e que apenas um deles está ocupado. Ele disse ainda que a prefeitura vai falir se passar mais um mês sem arrecadação.

LEIA MAIS:





Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Advogado Raoni Vita critica criação de cartórios unificados e diz que OAB precisa restaurar voz ativa e respeitabilidade

Pacientes de Manaus recebem alta do Hospital Universitário de João Pessoa e celebram cura da Covid-19

Ouvidoria do Ministério Público já recebeu 19 denúncias de irregularidade em vacinação contra covid-19 na Paraíba

Funcionários denunciam falta de vacinas para setor de enfermagem do Hospital Nossa Senhora das Neves e dizem que equipe administrativa furou fila