Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Hoje

Lanchonetes e restaurantes dentro de shoppings na Paraíba terão que exigir comprovante da vacina antes da compra, diz novo decreto

O decreto estadual começou a valer ontem (03) e se estende até dia 31 de janeiro de 2022 confirme a publicação.

Passaporte da vacina passa a ser cobrado para comprar em lanchonetes e similares nos shoppings da Paraíba. (Foto: Reprodução)

Por

As lanchonetes e restaurantes que funcionam no interior de shoppings centers na Paraíba terão que exigir comprovante da vacina antes da compra. É o que o novo decreto estadual publicado nesta terça-feira (04), no Diário Oficial do Estado (DOE). O decreto começou a valer ontem (03) e se estende até dia 31 de janeiro de 2022.

Conforme o decreto, que o ClickPB teve acesso, as lanchonetes e estabelecimentos similares de shoppings centers e centros comerciais poderão funcionar com ocupação de 80% da capacidade do local e terão que exigir a apresentação do comprovante de vacinação antes de efetuar a venda de qualquer produto. 

No período de vigência do decreto, os bares e restaurantes, que funcionam dentro de shoppings centers e centros comerciais somente poderão funcionar com ocupação de 80% da capacidade do local. Os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares também poderão funcionar com ocupação de 80% da capacidade do local.

Diz ainda no decreto que as praças de alimentação dos shoppings centers e centros comerciais somente poderão funcionar com 80% da sua capacidade, "cabendo à administração do estabelecimento assegurar o cumprimento do protocolo estabelecido para o setor".

Confira a publicação


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Camila Toscano diz que não definiu voto para presidente: "não tenho rejeição, mas aguardo decisão do partido para me posicionar"

Juíza paraibana prima de Ivonete Ludgério é encontrada morta em prédio onde residia, no Pará

Justiça Eleitoral cassa mandatos de vereadores do MDB de Zabelê por abuso de poder com fraude na cota de gênero

Feira de Flores de Holambra acontece em João Pessoa com mais de 200 espécies de plantas a preços populares