Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Meio ambiente

Lei que proíbe uso de canudo plástico em estabelecimentos comerciais é aprovada na Paraíba e prevê multa para estabelecimentos que descumprirem norma

O deputado argumentou a necessidade de preservação do meio ambiente e apresentou dados de uma pesquisa realizada pela Organização das Nações Unidas pelo Meio Ambiente onde cerca 4% de todo lixo descartado nos oceanos, ao redor do mundo, são canudos plásticos.

A Paraíba se torna o 12º estado do país a propor a mudança. (Foto: reprodução)

Por

O uso de canudos de plástico está com os dias contados nas lanchonetes e nos bares e restaurantes da Paraíba.  A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na sessão desta terça-feira (19), o Projeto de Lei 71/2019, que proíbe o uso. 

De autoria do deputado Wilson Filho, o projeto delega a fiscalização e aplicação de penalidades à Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema).

De acordo com o ele, com a aprovação do texto, a Paraíba se torna o 12º estado do país a propor a mudança, acompanhando os estados do Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Maranhão, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Amapá, Pernambuco, Sergipe, Amazonas, Ceará e o Distrito Federal.

O deputado argumentou a necessidade de preservação do meio ambiente e apresentou dados de uma pesquisa realizada pela Organização das Nações Unidas pelo Meio Ambiente onde cerca 4% de todo lixo descartado nos oceanos, ao redor do mundo, são canudos plásticos.

“Nosso objetivo é provocar uma transição cultural. É possível e é viável financeiramente, socialmente e culturalmente substituir o canudo de plástico por outro tipo de material. Este é um movimento que existe no mundo e no Brasil não é diferente”, afirmou o parlamentar.
 
 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Hospital de Trauma atende oito vítimas de queimaduras por fogos de artifício em João Pessoa

É hoje! Quina de São João terá premiação recorde de R$ 200 milhões em Campina Grande

Banda Magníficos, Danny Xavier, Vinicius Mendes e Jeito Nordestino são as atrações deste sábado em Bananeiras

Neste sábado tem forró pé de serra nas Arccas Titão e Catedral em Campina Grande