Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Plano

Mesmo com nova fase de flexibilização, praias, praças de alimentação, teatros, cinemas e escolas permanecem fechados em João Pessoa

Felipe Proenço citou a dificuldade de controlar o uso de máscaras nesses locais como uma das justificativas para a proibição.

Atividades na areia continuam proibidas e estacionamento da orla fechado (Foto: Reprodução)

Por

A prefeitura de João Pessoa anunciou nesta sexta-feira (24) a quarta fase do Plano Estratégico de Flexibilização, que entra em vigor na próxima segunda-feira (27). Foram flexibilizadas as atividades de bares e restaurantes, academias de ginástica e aulas para concluintes em faculdades privadas. Outras tantas atividades, porém, seguem restritas. O setor de eventos, as escolas, as praias e o estacionamento da orla marítima são algumas delas.

De acordo com a apresentação realizada pelo professor Felipe Proenço, que presta consultoria para a prefeitura, ainda não é seguro reabrir algumas empresas do setor de eventos, como casas de festas, teatros e cinemas. 

As atividades na areia da praia também permanecem proibidas e por isso, o estacionamento na orla também. Embora os quiosques da praia tenham sido autorizados a reabrir junto com os bares e restaurantes a partir de segunda-feira (27), a colocação de mesas na faixa de areia está proibida. Felipe Proenço citou a dificuldade de controlar o uso de máscaras nesses locais como uma das justificativas para a proibição.

As praças de alimentação de shoppings também não foram autorizadas a reabrir nesta fase, apenas os restaurantes que possuem área interna.

Em relação às escolas, Felipe Proenço afirmou que a prefeitura entende não ser possível o retorno das aulas presenciais em agosto, devido à alta circulação de crianças e adolescentes que isso causaria. Possivelmente, a volta às aulas voltará a ser avaliada em setembro.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

15 cachaças paraibanas são premiadas no Concurso de Vinhos e Destilados do Brasil

Grupos que usam as redes sociais para desinformar sobre vacinação contra Covid-19 “causam grande mal à sociedade”, avalia secretário de Saúde

Paraíba segue vacinando adolescentes desde segunda-feira, diz secretário de Saúde após decisão do Governo Federal de liberar imunização

Após recorrer à Justiça, construtora GBM perde ação e será obrigada a retirar guindaste de prédio Liége sob multa diária de R$ 5 mil