Depoimento

Ministério Público desconhece motivos da presença do Padre Egídio no Gaeco e diz que depoimento não foi agendado

Informações obtidas com exclusividade pelo ClickPB, revelam que não havia nenhum agendamento prévio para ouvir o religioso.

Ministério Público desconhece motivos da presença do Padre Egídio no Gaeco e diz que depoimento não foi agendado

Padre Egídio está na sede do Gaeco, em João Pessoa — Foto:Reprodução

Os promotores do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado (MPPB), foram pegos de surpresa com a presença do Padre Egídio de Carvalho, nesta sexta-feira (06), na sede do órgão. Informações obtidas com exclusividade pelo ClickPB, revelam que não havia nenhum agendamento prévio para ouvir o religioso a respeito das denúncias sobre condutas criminosas por parte do padre.

A reportagem do ClickPB tentou contato com Sheyner Asfora, advogado do Padre Egídio, para saber sobre a presença do religioso no Gaeco, mas as ligações não foram atendidas e nem as mensagens respondidas.

O fato é que o religioso, alvo da “Operação Indignus” deflagrada pelo  Gaeco, junto com a Polícia Civil da Paraíba, Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, Secretaria de Estado da Fazenda da Paraíba e Controladoria-Geral do Estado, está na sede do Gaeco onde se apresentou para prestar depoimento sobre o caso.

Ontem (05), o ClickPB deu em primeira mão que o religioso se apresentaria. O advogado Sheyner Asfora contou com exclusividade ao ClickPB que já havia sido autorizado pelo padre Egídio a procurar o Gaeco e marcar data para seu depoimento.

Sobre a operação

A força-tarefa que deflagrou a operação tem como objetivo apurar os fatos que indicam possíveis condutas criminosas ocorridas no âmbito do Instituto São José, do Hospital Padre Zé e da Ação Social Arquidiocesana/ASA. Segundo as investigações há indícios de possíveis desvios de recursos públicos destinados a fins específicos, por meio da falsificação de documentos e pagamento de propinas a funcionários vinculados às referidas entidades.

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Paraíba lança edital para adesão de instituições de ensino superior públicas e privadas ao Programa de intercâmbio

2

Paraíba

Sindicato da Paraíba defende pagamento por hora trabalhada e vínculo sem CLT a motoristas por aplicativo

3

Paraíba

Paraíba confirma terceira morte por dengue e outros dois casos estão em investigação

4

Paraíba

TRT determina afastamento de Buega Gadelha da presidência da Fiep

5

Paraíba

Justiça adia julgamento de Matheus Feitosa, réu por participar da morte do lutador Herisson da Silva, em Cabedelo