Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Maurício Quintella

Ministro dos Transportes diz que demora na retirada de postes pela Energisa atrasou obras da BR-230

O ministro fez visita técnica ao trecho em obra da BR-230, entre Cabedelo e João Pessoa, e assinou Ordem de Serviço, em Campina Grande

As obras já receberam investimentos na ordem de R$ 20 milhões e estão apenas 7% concluídas (Foto: Walla Santos)

Por

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, em visita técnica a obras na Paraíba nesta segunda-feira (05), culpou a concessionária de energia elétrica Energisa pelo atraso das obras de duplicação da BR-230. O ministro fez visita técnica ao trecho em obra da BR-230, entre Cabedelo e João Pessoa, e assinou Ordem de Serviço, em Campina Grande, na Federação das Indústrias da Paraíba – Fiep, para o início das obras de duplicação da BR-230 que irá abranger 31,7 km em um trecho que vai de Campina Grande até a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo).    

"Nós tivemos algumas interferências, de licença ambiental, que já foi resolvida, e nós temos também um problema com postes da concessionária que não foram retirados, mas o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) foi ao Judiciário, o Judiciário determinou a retirada desses postes, e deve começar a acontecer a partir agora do início de fevereiro, então com essas interferências resolvidas, a empresa terá total condições de performar", disse o ministro.  

Ele não descarta, no entanto, novos atrasos, mas espera que não aconteça. "Pode acontecer, houve atraso no início, pode repercutir no final, vamos tentar trabalhar para recuperar o tempo perdido. Mas a gente espera que a obra caminhe bem, obra tem dessas coisas, isso acontece", disse. 

Devido ao atraso, a previsão para conclusão da obra é de três anos, com previsão de entrega em 2020. 

Os recursos, no entanto, estão garantidos para este ano. De acordo com o líder do governo federal, deputado federal Aguinaldo Ribeiro, (PP), neste ano de 2018, estão garantidos R$ 159 milhões para tocar as obras. Os valores estão empenhados. 

As obras já receberam investimentos na ordem de R$ 20 milhões e estão apenas 7% concluídas. O custo total dos serviços está estimado em R$ 255.499.965,86. 

Serão construídos 13 viadutos e 14 passarelas e estão previstos o alargamento de plataforma e de acostamentos ou duplicação da pista, além de implantação de ciclovias. As obras serão realizadas entre o KM-0 e KM-28 da BR-230, em uma extensão de 26,60 quilômetros.

Aguinaldo ressaltou a importância da duplicação  para a Paraíba e agradeceu a iniciativa do ministro de vir ao estado participar da assinatura da Ordem de Serviço, além do empenho do mesmo em atender as demandas da Paraíba. "Hoje é mais um momento ímpar para a nossa Paraíba. Essa duplicação é muito importante não somente para o transporte, mas para o turismo e economia. Quero agradecer ao ministro Maurício Quintella pelo apoio, pela visita e em nome de todos os paraibanos, pela sensibilidade que ele tem aos pleitos do nosso Estado", disse. Aguinaldo destacou, ainda, a unidade da bancada paraibana em torno da obra. O senador José Maranhão (MDB), que acompanhou o ministro em sua visita à Paraíba, também destacou a vitória de toda a bancada nessa obra de duplicação. 

A Energisa enviou nota de esclarecimento, afirmando que tem cumprido o cronograma de obras. Leia nota na íntegra:

Nota de esclarecimento      

A Energisa esclarece que o cronograma das obras da BR-230 está sendo cumprido conforme planejamento conjunto da concessionária com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT). Os trabalhos foram iniciados em agosto de 2017 e, em dezembro, aconteceram os primeiros deslocamentos de postes. Em alguns locais, a continuidade das obras depende de definição do trajeto e/ou liberação das áreas.

A Energisa reafirma o seu compromisso de trabalhar pelo desenvolvimento do Estado da Paraíba e pelo conforto dos paraibanos, tendo sido reconhecida, em 2017, como a Melhor Distribuidora de Energia do Brasil, pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee).


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Detran reabre posto de atendimento nesta terça no Valentina

MPT realiza força-tarefa nos matadouros da Paraíba

Batalhão da Polícia Militar nega instalação de ar-condicionado na cela de Roberto Santiago

Polícia ouve estudante apontado por ameaça de ataque a colegas; aluno disse que era brincadeira