Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Maurício Quintella

Ministro dos Transportes diz que demora na retirada de postes pela Energisa atrasou obras da BR-230

O ministro fez visita técnica ao trecho em obra da BR-230, entre Cabedelo e João Pessoa, e assinou Ordem de Serviço, em Campina Grande

As obras já receberam investimentos na ordem de R$ 20 milhões e estão apenas 7% concluídas (Foto: Walla Santos)

Por

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, em visita técnica a obras na Paraíba nesta segunda-feira (05), culpou a concessionária de energia elétrica Energisa pelo atraso das obras de duplicação da BR-230. O ministro fez visita técnica ao trecho em obra da BR-230, entre Cabedelo e João Pessoa, e assinou Ordem de Serviço, em Campina Grande, na Federação das Indústrias da Paraíba – Fiep, para o início das obras de duplicação da BR-230 que irá abranger 31,7 km em um trecho que vai de Campina Grande até a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo).    

"Nós tivemos algumas interferências, de licença ambiental, que já foi resolvida, e nós temos também um problema com postes da concessionária que não foram retirados, mas o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) foi ao Judiciário, o Judiciário determinou a retirada desses postes, e deve começar a acontecer a partir agora do início de fevereiro, então com essas interferências resolvidas, a empresa terá total condições de performar", disse o ministro.  

Ele não descarta, no entanto, novos atrasos, mas espera que não aconteça. "Pode acontecer, houve atraso no início, pode repercutir no final, vamos tentar trabalhar para recuperar o tempo perdido. Mas a gente espera que a obra caminhe bem, obra tem dessas coisas, isso acontece", disse. 

Devido ao atraso, a previsão para conclusão da obra é de três anos, com previsão de entrega em 2020. 

Os recursos, no entanto, estão garantidos para este ano. De acordo com o líder do governo federal, deputado federal Aguinaldo Ribeiro, (PP), neste ano de 2018, estão garantidos R$ 159 milhões para tocar as obras. Os valores estão empenhados. 

As obras já receberam investimentos na ordem de R$ 20 milhões e estão apenas 7% concluídas. O custo total dos serviços está estimado em R$ 255.499.965,86. 

Serão construídos 13 viadutos e 14 passarelas e estão previstos o alargamento de plataforma e de acostamentos ou duplicação da pista, além de implantação de ciclovias. As obras serão realizadas entre o KM-0 e KM-28 da BR-230, em uma extensão de 26,60 quilômetros.

Aguinaldo ressaltou a importância da duplicação  para a Paraíba e agradeceu a iniciativa do ministro de vir ao estado participar da assinatura da Ordem de Serviço, além do empenho do mesmo em atender as demandas da Paraíba. "Hoje é mais um momento ímpar para a nossa Paraíba. Essa duplicação é muito importante não somente para o transporte, mas para o turismo e economia. Quero agradecer ao ministro Maurício Quintella pelo apoio, pela visita e em nome de todos os paraibanos, pela sensibilidade que ele tem aos pleitos do nosso Estado", disse. Aguinaldo destacou, ainda, a unidade da bancada paraibana em torno da obra. O senador José Maranhão (MDB), que acompanhou o ministro em sua visita à Paraíba, também destacou a vitória de toda a bancada nessa obra de duplicação. 

A Energisa enviou nota de esclarecimento, afirmando que tem cumprido o cronograma de obras. Leia nota na íntegra:

Nota de esclarecimento      

A Energisa esclarece que o cronograma das obras da BR-230 está sendo cumprido conforme planejamento conjunto da concessionária com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT). Os trabalhos foram iniciados em agosto de 2017 e, em dezembro, aconteceram os primeiros deslocamentos de postes. Em alguns locais, a continuidade das obras depende de definição do trajeto e/ou liberação das áreas.

A Energisa reafirma o seu compromisso de trabalhar pelo desenvolvimento do Estado da Paraíba e pelo conforto dos paraibanos, tendo sido reconhecida, em 2017, como a Melhor Distribuidora de Energia do Brasil, pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee).


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Encontrado corpo de homem com tornozeleira eletrônica em Teixeira

Candidatos se atrasam e são eliminados do concurso do IFPB

Movimento Maio Amarelo realiza passeio ciclístico neste domingo em Campina Grande

Participantes do Casamento Coletivo se reúnem neste domingo para ensaio no Parque do Povo