Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Em João Pessoa

Morre aos 90 anos o médico Marcos Aurélio Barros, fundador do Hospital Samaritano, vítima de Covid-19

O cardiologista tinha 90 anos e foi um dos fundadores do Hospital Samaritano, em João Pessoa. Ele estava internado em UTI na Capital desde o início da semana.

Marco Aurélio de Oliveira Barros nasceu em Campina Grande. Formou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia, em 1958. (Foto: Reprodução/Vídeo)

Por

Morreu vítima da Covid-19, neste sábado (1º), o médico e professor Marcos Aurélio Barros. O cardiologista tinha 90 anos e foi um dos fundadores do Hospital Samaritano, em João Pessoa. Ele estava internado em UTI na Capital desde o início da semana.

Marco Aurélio de Oliveira Barros nasceu em Campina Grande. Formou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia, em 1958. Fez estágio no Departamento de Cardiologia da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, em 1961; no Instituto Nacional de Cardiologia do México, em 1962. Em 1964, iniciou suas atividades na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) como instrutor de ensino. Depois, foi nomeado professor assistente, professor adjunto e, em 1978, ganhou o título de professor livre docente, doutor em Medicina.

Na UFPB ele exerceu várias funções, como vice-diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS); diretor do Núcleo de Medicina Tropical; fundador e coordenador do Programa de Residência Medica; e diretor-presidente da Cooperativa Cultural. Em 1970, ao lado dos médicos Augusto de Almeida Filho e Lavoisier Feitosa, criou o Hospital Samaritano. Foi também presidente do Programa Internacional dos Companheiros das Américas Paraíba-Connecticut (EUA) e da Academia Paraibana de Medicina, no biênio de 1997 a 1999.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Morre Gersal Freire, repórter esportivo da CBN João Pessoa, vítima da Covid-19

Semáforo é implantado para ordenar o fluxo em cruzamento no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa

Prefeitura de João Pessoa começa a imunizar gestantes sem comorbidades com a vacina da Pfizer

Cemitérios de João Pessoa ficam fechados à visitação do público no Dia das Mães para evitar transmissão do coronavírus