Em entrevista

Padre George Batista diz que é impossível que padre Egídio tenha cometido supostos desvios no Hospital Padre Zé sem cúmplices

A informação foi veiculada durante o programa Frente a Frente, da TV arapuan, conforme apurou o ClickPB.

Hospital Padre Zé.

Como trouxe o ClickPB, na mesma entrevista padre George afirmou que já teve que "pedir esmolas" para fechar contas da unidade de saúde e que a situação é "caótica". — Foto:Reprodução

O padre George Batista, novo diretor do Hospital Padre Zé, comentou em entrevista ontem (23), que para ele é impossível que o padre Egídio de Carvalho tenha cometido todos os crimes que estão impostos a ele sem a ajuda de outras pessoas. A informação foi veiculada durante o programa Frente a Frente, da TV arapuan, conforme apurou o ClickPB.

“Com base na estrutura hospitalar, com base na estrutura do Instituto São José, padre Egídio não agiu sozinho. É impossível, tudo que aconteceu… é impossível sozinho. Teve o apoio de alguém. Dentro do hospital e dentro do Instituto São José”, disparou o novo gestor do Hospital Padre Zé, ao longo do programa de TV.

“Eu não posso tecer nenhum comentário sobre qualquer elemento institucional, pessoa física, para além dos muros do hospital e do instituto. Eu seria leviano. O que eu posso dizer, estando agora ocupando essa função, como diretor do hospital, é que é impossível uma pessoa ter feito tudo o que a imprensa está divulgando, sozinho. Não tem como”, explanou. 

Como trouxe o ClickPB, na mesma entrevista padre George afirmou que já teve que “pedir esmolas” para fechar contas da unidade de saúde e que a situação é “caótica”. 

| LEIA MAIS SOBRE O ESCÂNDALO ENVOLVENDO O PADRE EGÍDIO:

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

FOTOS: Incêndio destrói cinco ônibus em garagem em João Pessoa

2

Paraíba

Procon quer notas fiscais e notifica posto que vende gasolina a R$ 6,50, na Paraíba

3

Paraíba

Francisco Fidelis: 90 anos do Quinto Constitucional e a importância da advocacia no Poder Judiciário da Paraíba

4

Paraíba

Congestionamento de 4 km para trânsito da BR-230 em João Pessoa; saiba qual trecho

5

Paraíba

Procurador Geral diz que Joao Azevêdo não vai se envolver na disputa para desembargador no Tribunal de Justiça