Investigado

Pastor acusado de aplicar golpes de R$ 3 milhões em fiéis de igreja em João Pessoa deve se apresentar quarta-feira à Justiça

Segundo o advogado, a prisão do pastor Péricles foi decretada porque ele foi considerado foragido da Justiça, versão contestada pela defesa.

Pastor acusado de aplicar golpes de R$ 3 milhões em fiéis de igreja em João Pessoa deve se apresentar quarta-feira à Justiça

Pastor Péricles foi denunciado pelos fiéis — Foto:Reprodução

O pastor Péricles Cardoso de Melo, acusado de aplicar golpes estimados em R$ 3 milhões, deve se apresentar à Justiça nesta quarta-feira (01). Em contato com o ClickPB, o advogado do pastor, Robério Capristano, informou que esse o dia em que o juiz que decretou a prisão preventiva, Isaac Torres Trigueiro de Brito, volta de férias.

“Quero levar direto ao juiz titular, porque ele quem vai me ouvir e decidirá se ele ficará preso ou não. Ele não se apresentou antes porque o juiz havia entrado de férias, mas ele volta dia 1º e o pastor agora vai se apresentar”, esclareceu Robério Capristano.

Segundo o advogado, a prisão do pastor Péricles foi decretada porque ele foi considerado foragido da Justiça, versão contestada pela defesa. “Como ele estava foragido se ele nunca foi intimado? A alegação é que ele faltou a uma reunião na igreja, sendo que ele faltou porque estava doente. Ele só poderia estar foragido se tivesse sido intimado e não tivesse comparecido a audiência”, explicou.

Robério Capristano acrescentou que a causa em questão não deve ser julgada pela Justiça Criminal e sim pela Justiça Comum. “Todo o dinheiro envolvido foi investido na igreja. A igreja foi beneficiada, ele fez tudo para a igreja e todos concordaram. Ele apenas pediu o dinheiro para a igreja”, disse ao ClickPB.

O jurista comparou o caso do pastor Péricles ao do padre Egídio de Carvalho, ex-diretor do Hospital Padre Zé, e disse que um é diferente do outro porque, no caso do pastor, os recursos foram empregados na igreja. “Não é como no caso do padre que está solto. Ele [Péricles] usou o dinheiro para a igreja”, concluiu.

O advogado não revelou onde o pastor está, mas garantiu que está perto de João Pessoa.

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Briga entre moradores de rua termina com mulher morta em Ingá

2

Paraíba

São João de João Pessoa começa hoje com shows de Elba Ramalho e Banda Encantus; confira programação completa

3

Paraíba

Três pessoas são presas acusadas de usar perfis fakes para extorquir e ameaçar família de morte, em João Pessoa

4

Paraíba

Bandidos se passam por policiais e matam homem com disparos de arma de fogo, no Vale do Paraíba

5

Paraíba

‘Gangue da Dinamite’ explode agência da Caixa Econômica Federal no Valentina Figueiredo