Desaparecida

Polícia Civil começa a montar inquérito do caso Sophia; buscas entram no 8º dia sem suspeitos

O delegado acrescentou que há muitas divergências em alguns depoimentos prestados.

Polícia Civil começa a montar inquérito do caso Sophia; buscas entram no 8º dia sem suspeitos

Menina está desaparecida desde o dia 4 de julho — Foto:Reprodução

A Polícia Civil iniciou a formalização dos depoimentos das pessoas ouvidas no caso da menina Ana Sophia Gomes dos Santos, de 8 anos, que desapareceu no dia 4 de julho, no Distrito de Roma, em Bananeiras, Brejo da Paraíba. Em contato com o ClickPB, o delegado Thiago Cavalcante, explicou que essa é a etapa em que se coloca tudo que já foi investigado no papel, ou seja, em que se inicia a montagem do inquérito. 

“É a fase em que se coloca tudo no papel, se organiza o inquérito, o processo. Ouvimos mais de dez pessoas, fizemos perícias em imóveis e tudo isso será organizado a partir de agora”, informou Thiago Cavalcanti em entrevista ao ClickPB.

O delegado acrescentou que há muitas divergências em alguns depoimentos prestados. “Por exemplo: as imagens que temos mostram a menina com vestido azul e laço rosa na cabeça. A irmã dela diz ter visto a criança com outra roupa, uma camiseta preta e um short. Porém, o vestido desapareceu e isso é contraditório”, relatou.

Buscas continuam

As buscas pela menina Sophia entram no 8º dia na região. Desde o início da procura, os órgãos operativos da segurança realizam um trabalho integrado, com equipes de dedicação exclusiva, destinadas a apurar o caso. Um efetivo superior a 100 homens e mulheres está empregado nas buscas.

A Polícia Civil conta com reforço da delegacia especializada de Homicídios da capital, com Departamento de Desaparecidos, dando apoio às investigações da 21ª Delegacia Seccional, e oitivas de testemunhas, familiares e vizinhos da criança. 

O Instituto de Polícia Científica (IPC) segue com procedimentos periciais nos locais onde Sophia possa ter estado. A 7ª Companhia Independente de Polícia Militar também está diretamente nos locais de busca, com reforços de João Pessoa, em conjunto com as ações das equipes da polícia judiciária. 

Os bombeiros militares estão atuando com canil, quadriciclos, drones e mergulhadores, que procuraram sinais da menina em seis mananciais. Todos os recursos possíveis estão sendo utilizados. O Grupamento Tático Aéreo (GTA) da Sesds segue dia após dia saturando toda a área, pois a região onde a menina foi vista pela última vez apresenta aspectos geográficos peculiares de difícil acesso. 

A Segurança pública reforça que as buscas continuam até o esclarecimento das circunstâncias do desaparecimento. 

Informações

A população também pode contribuir com informações que levem à Ana Sophia, por meio do Disque-Denúncia 197. A ligação é gratuita e o anonimato e sigilo são garantidos.

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

UFPB mantém calendário acadêmico e libera aula de professores que não aderiram à greve

2

Paraíba

VÍDEO: garis caem no forró enquanto recolhem lixo no Centro de Patos

3

Paraíba

Polícia apreende mais de 26 kg de cocaína em Campina Grande; droga tinha João Pessoa como destino

4

Paraíba

Conselho Nacional do Ministério Público promove Congresso de Inovação e Tecnologia

5

Paraíba

Servidores da Câmara de João Pessoa recebem salários de junho de forma antecipada; veja data