Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Paraíba

Preço do quilo de peixe varia em até 200% em João Pessoa, mostra pesquisa

“Além do preço, o consumidor deve ficar atento às condições de acondicionamento do pescado já que o tempo de validade desses produtos é bem curto fora do gelo”, explica o secretário.

A maior variação ficou com o quilo do peixe tipo agulhinha, 200%, com os preços entre R$ 15,00 (Mercado da Torre – Peixaria do Alex) e R$ 45,00 (Mercado de Tambaú- Peixaria do Tenente), diferença de R$ 30,00. (Foto: Walla Santos)

Por

O consumidor que vai fazer feira de pescados nas peixarias dos mercados públicos e feiras livres da Capital deve prestar atenção às diferenças nos preços porque está bem grande, a exemplo do filé do camarão grande, R$ 65,00, com preços oscilando entre R$ 55,00 (Mercado da Torre – Peixaria do Alex) e R$ 120,00 (Praia da Penha - Peixaria Bom Jesus e em Tambaú – Peixaria do Luciano), variação de 118,18%. A pesquisa do Procon-JP foi realizada na sexta-feira (24).

O levantamento traz preços de 59 tipos de pescados entre filé de peixe, peixe inteiro com cabeça, peixe em posta, camarão cinza pequeno, médio e grande e filé, além de frutos do mar, coletados em 30 estabelecimentos dos mercados públicos e feiras livres da Capital. A maior variação ficou com o quilo do peixe tipo agulhinha, 200%, com os preços entre R$ 15,00 (Mercado da Torre – Peixaria do Alex) e R$ 45,00 (Mercado de Tambaú- Peixaria do Tenente), diferença de R$ 30,00. 

Além de alertar ao consumidor para a diferença nos preços de um mesmo produto, o que pode significar uma economia bem aparente, o secretário Rougger Guerra chama a atenção para a qualidade do peixe ou do fruto do mar porque se trata de um produto bastante perecível. “Além do preço, o consumidor deve ficar atento às condições de acondicionamento do pescado já que o tempo de validade desses produtos é bem curto fora do gelo”. 

Outras diferenças - A pesquisa do Procon-JP constatou que existem outras grandes diferenças, como é o caso do quilo do filé de camarão médio, R$55,00, com preços entre R$ 35,00 (Mercado da Torre – Peixaria do Alex) e R$ 90,00 (Mercado de Tambaú – peixarias do Luciano e do Tenente), variação de 157,14%; da patola, R$ 52,00, com preços entre R$ 48,00 (Mercado da Torre – Bom Jesus) e R$ 100,00 (Mercado de Tambaú – Luciano e Uchoa); e do peixe Garoupa, R$ 49,00, com preços entre R$ 30,00 (Mercado da Torre - Alex) e R$ 79,00 (Mercado de Tambaú - Tenente).

Os mercados - A pesquisa foi realizada nos seguintes estabelecimentos: Mercado de Peixe de Tambaú (Peixarias N. S. da Conceição, do Tenente, do Luciano e TelePesca), Mercado da Torre (Bom Jesus, do Alex, N. S. da Penha e Santa Maria); Mercado Central (Zezinho do Camarão, Irmão Pepy e Índio); Praia da Penha (Dona Penha, Sonho Meu, Zildo e JL); Mercado dos Bairro do Estados (Peixe Para Todos e Zezinho do Camarão); Mercado de Mangabeira (Deus é Fiel e Verde Mais).

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Secretaria da Fazenda apreende no Sertão da Paraíba carga de R$ 40 mil com 20 toneladas de ração animal sem documento fiscal

Opera Paraíba contabiliza mais de nove mil cirurgias até o mês de outubro

Cemitérios de Campina Grande ficarão abertos durante quatro dias para evitar aglomerações no Dia de Finados

João Azevêdo reivindica no TCU liberação das obras do Ramal de Piancó para assegurar água a 37 municípios da Paraíba