Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Eleições 2020

Prefeita eleita no Conde denuncia atraso no processo de transição: "atual gestora já está prejudicando a próxima gestão"

Segundo a comissão nomeada por ela, a "atual gestora já está prejudicando a próxima gestão", ao se referir a Márcia Lucena.

A equipe de Karla, ainda explica que foram extrapolados os prazos legais, motivo pelo qual levaram o caso ao gabinete da promotora Cassiana de Sá, como também no Tribunal de Contas do Estado. (Foto: reprodução)

Por

A prefeita eleita no Conde, Karla Pimentel, denunciou nesta terça-feira (1) o atraso no processo de transição de governos. Segundo a comissão nomeada por ela, a "atual gestora já está prejudicando a próxima gestão", ao se referir a Márcia Lucena. Segundo Karla, desde o dia 17 de novembro que sua equipe protocolou junto à Prefeitura Municipal, os nomes que ficariam na comissão de transição para atuar em conjunto com a equipe da atual gestão municipal, mas até o dia de hoje (1) a atual gestora não fez publicar, em ato oficial, a equipe que já deveria está conhecendo a máquina pública da cidade.

O procurador e membro da equipe de transição indicada por Karla Pimentel, Marcos Ramalho, destacou que os prazos para a transição de gestões municipais neste ano de 2020 tem pouco tempo por conta do adiamento das eleições, que encurtou de 3 meses para 45 dias o encerramento dos mandatos dos prefeitos.

 “A Resolução 03/2016 do TCE-PB determina que os atuais gestores municipais devem constituir a Comissão de Transição no prazo de até 10 dias após homologação dos resultados das eleições. No entanto, a Resolução Normativa 07/2016 impõe como prazo final para entrega dos documentos e informações a data de 30 de novembro, mas até o momento nada disso foi feito pela atua prefeita”, explicou.

A equipe de Karla, ainda explica que foram extrapolados os prazos legais, motivo pelo qual levaram o caso ao gabinete da promotora Cassiana de Sá, como também no Tribunal de Contas do Estado.

De acordo com Herman Lundgren, membro da comissão de transição nomeado por Karla Pimentel, a equipe agora apenas 20 dias úteis para receber as informações e planejar o início da gestão. “A atual gestora ao retardar a instalação da Comissão de Transição já está prejudicando a próxima gestão, principalmente em relação aos serviços continuados, aqueles  que não podem ser interrompidos, como é o caso dos serviços de saúde, transporte, limpeza urbana e segurança dos prédios públicos, por isso estamos preocupados e buscamos os órgãos competentes para as providências cabíveis”, explicou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Promotora do Ministério Público convoca audiência e manda notificar secretário de Gado Bravo, acusado de 'furar' fila da vacina contra Covid-19

Fura-filas na vacinação contra covid-19 na Paraíba pode acarretar crime de improbidade administrativa, alerta procurador-geral

Prefeito de Brejo do Cruz publica decreto que autoriza sacrifício de animais abandonados

Em mais uma semana deve ser concluída toda vacinação na Paraíba referente ao primeiro lote de doses