Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Segurança

Prefeito e secretário Jean Nunes se reúnem e definem criação de postos policial e dos bombeiros no Aluízio Campos

Reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira (21), em Campina Grande. Secretário também fez visita ao complexo habitacional.

Complexo habitacional terá estrutura de segurança completa (Foto: Reprodução)

Por

O complexo habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande, terá postos da Polícia Militar, Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros, além de 100 câmeras de monitoramento para reforço na segurança do local. O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Segurança Pública, Jean Nunes, após reunião com o prefeito do município, Bruno Cunha Lima.

O secretário e o prefeito se reuniram na manhã desta quarta-feira (21), em Campina Grande, e Bruno Cunha Lima pleiteou um posto policial para o residencial, que tem cerca de 20 mil moradores.

''Além dessa estrutura que está sendo construída e finalizada para a Polícia Militar, a gente vai fazer visita agora, inclusive, aos terrenos que serão da Polícia Civil e do Bombeiro Militar para que a gente tenha uma estrutura completa da segurança lá'', disse Jean Nunes após a reunião.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

15 cachaças paraibanas são premiadas no Concurso de Vinhos e Destilados do Brasil

Grupos que usam as redes sociais para desinformar sobre vacinação contra Covid-19 “causam grande mal à sociedade”, avalia secretário de Saúde

Paraíba segue vacinando adolescentes desde segunda-feira, diz secretário de Saúde após decisão do Governo Federal de liberar imunização

Após recorrer à Justiça, construtora GBM perde ação e será obrigada a retirar guindaste de prédio Liége sob multa diária de R$ 5 mil