Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Política

Presidente da Câmara Municipal de João Pessoa diz que obras da nova sede devem iniciar assim que convênio com banco for fechado

A compra do terreno já foi feita e a previsão é que ainda no segundo semestre se iniciem as obras.​

Ainda segundo ele, com a mudança haverá uma economia considerável aos cofres públicos, uma vez que o atual prédio é alugado. "Devolveríamos o atual prédio da Câmara, que é alugada e teríamos economia, já que iremos devolver o prédio", explicou. (Foto: reprodução)

Por

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, o vereador Dinho (Avante), em entrevista ao programa 'Arapuan Verdade', na tarde desta segunda-feira (18) disse que as obras da nova sede devem iniciar assim que o convênio com a Caixa Econômica for fechado. A compra do terreno já foi feita e a previsão é que ainda no segundo semestre se iniciem as obras.

De acordo com ele, o atual espaço não comporta a demanda que a Casa recebe. "Só temos uma galeria para 40 pessoas, precisamos ampliar. A nova sede permanece, o terreno já foi adquirido, será no estacionamento em frente a agência da Caixa e já foi comprado, assim que fecharmos o convênio com o banco e a prefeitura iniciaremos as obras. Em breve teremos um plenário adequado com toda a estrutura que a população, a imprensa e todos que merecem", revelou. 

Ainda segundo ele, com a mudança haverá uma economia considerável aos cofres públicos, uma vez que o atual prédio é alugado. "Devolveríamos o atual prédio da Câmara, que é alugada e teríamos economia, já que iremos devolver o prédio", explicou. 

Ao analisar como será o cenário de articulação com o prefeito Cícero Lucena, Dinho disse que a relação entre os Poderes Legislativo e Executivo será de diplomacia e de muito diálogo com valorização da harmonia para que se garanta a efetivação dos projetos. "Estamos abertos ao diálogo. 

Dinho também destacou que dará prioridade para diversos projetos entre eles, o da Barreira do Cabo Branco e da orla de Tambaú.  "Será pautado na volta do recesso o reordenamento da orla. Temos um número de bicicletas grande, mas temos patinetes, pessoas idosas e esse ordenamento será discutido com uma audiência remota ou presencial a discussão desse projeto.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bruno Farias revela descaso na gestão Cartaxo na proteção da barreira do Cabo Branco: "nunca foi falta de recursos, mas de um gestor"

Redução do número de funcionários é apontado como motivo para filas gigantescas em bancos na Paraíba; sindicato cobra cumprimento de protocolos

Em nota, Prefeitura de Campina Grande afirma que ainda não existe posição oficial sobre o cancelamento do São João

Morre Fernando Monte, professor aposentado da UFPB, por complicações da Covid-19