Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Conhecimento

Professor revela estratégias de preparação para concurso da Polícia Civil da Paraíba

O professor, mestre em Linguística, Erik Anderson, em entrevista ao ClickPB, nesta segunda-feira (27) deu dicas para os interessados em obter bons resultados no certame.

Para o professor, que é referência no ensino de cursos preparatórios para concursos, o candidato deve estar preparado para uma prova de português que explora o trio: interpretação textual, coesão e estrutura morfossintática. (Foto: Walla Santos)

Por

Quem já está se preparando para um dos concursos mais aguardados, o da Polícia Civil da Paraíba, que terá o edital publicado nesta quarta-feira (29),deve estar atento ao conteúdo que a banca Cebraspe costume aplicar nos certames. O professor, mestre em Linguística, Erik Anderson, em entrevista ao ClickPB, nesta segunda-feira (27) deu dicas para os interessados em obter bons resultados.

"A banca Cebraspe é a mais conhecida, principalmente dentro dos grandes concursos federais. A prova da Paraíba terá as questões de múltipla escolha, cinco alternativas, semelhante ao que foi a Polícia Civil de Pernambuco de 2017. Essa banca faz questão de certo ou errado, não existe isso de ir por eliminação nas questões", explicou.

Para o professor, que é referência no ensino de cursos preparatórios para concursos, o candidato deve estar preparado para uma prova de português que explora o trio: interpretação textual, coesão e estrutura morfossintática. 

"Língua Portuguesa é garantida na prova e no edital. Essa banca gosta muito do reconhecimento do tipo textual, narrativo, opinativo, literário, entre outros. É uma banca que trabalha com a diversidade ampla de gêneros textuais. Além de mecanismos de coesão textual e estrutura morfossintática que estão certos nessa prova. Os candidatos também deverão estar atentos ao aspecto das funções, sujeitos e objetos, ao valor semântico dos conectivos e as possíveis substituições sem ferir o sentido do texto", destacou. 

Ainda segundo ele, a banca gosta muito das funções e frases invertidas. "Nossa mente é treinada para ver o sujeito antes do verbo, mas essa banca gosta da inversão da ordem das frases para que o candidato identifique o sujeito deslocado", disse. 


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Famup prevê demissões de enfermeiros na Paraíba após aprovação do piso salarial: ''sem verba''

Paraíba tem 28 casos suspeitos e um confirmado de varíola dos macacos​ e Secretaria de Saúde alerta para prevenção

Mesmo inelegível, Ricardo Coutinho registra candidatura ao Senado pela Paraíba no Tribunal Superior Eleitoral

Amidi emite nota de repúdio a Pedro Cunha Lima e cobra retratação: "jornalistas são fundamentais para a democracia"