Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Nesta sexta

Profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à covid-19 protestam em João Pessoa

Os profissionais estão reunidos com representantes da prefeitura para discutir as reivindicações.

Profissionais chegaram a bloquear a avenida (Foto: Reprodução)

Por

Um grupo de profissionais da saúde do município de João Pessoa, em sua maioria enfermeiros, bloqueou a Avenida Júlia Freire, nas proximidades da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na Capital paraibana, na manhã desta sexta-feira (29). O grupo protesta por melhores condições de trabalho e se queixa de ser preterido em relação aos médicos.

Uma medida provisória, assinada pelo prefeito Luciano Cartaxo e publicada em uma edição especial do Semanário Oficial de João Pessoa, concedeu para médicos de cargo efetivo, que atuem no enfrentamento à covid-19, uma Gratificação Temporária de Emergência em Saúde Pública (Gtesp) que varia de R$ 2 mil a R$ 5,3 mil de acordo com a carga horária do servidor. Enfermeiros e outros profissionais que também atuam no enfrentamento à pandemia foram deixados de fora na decisão.

Entre as principais reivindicações da categoria estão melhores salários, locais de descanso dignos nas unidades de saúde, condições dignas de trabalho, redução da carga horária sem perda salarial, concurso público, aumento do plantão extra, entre outros.

Segundo a organização do movimento, alguns profissionais estão indo até as unidades de saúde com sintomas da Covid-19, mas não estão tendo acesso a realização dos testes.

No momento da publicação desta matéria, representantes do grupo estavam reunidos com os representantes da prefeitura para discutir as reivindicações, conforme informou ao ClickPB a assessoria de comunicação da SMS, que ficou de enviar o resultado da reunião em seguida.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Terminais de autoatendimento são obrigados a dispor de álcool em gel 70%

Terminal de Integração do Varadouro é higienizado e recebe placas de orientação e marcações de distanciamento social

Pesquisadora da UFPB cria inseticida de agave que mata o mosquito da dengue

João Azevêdo anuncia na próxima segunda-feira a retomada de mais de 200 obras que estavam paradas por causa da pandemia