Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Direito

Protesto fecha rodovia e moradores de Santa Rita cobram normalização do fornecimento de água após prefeito suspender contrato com Cagepa

Os moradores denunciaram que estão há mais de 48h sem água nas casas.

O impasse entre a Prefeitura e a Cagepa, segue sem previsão de término, e afeta centenas de pessoas que moram nos loteamentos, sem água desde a última quarta-feira. (Foto: reprodução)

Por

Mais um protesto foi registrado na tarde desta sexta-feira (13) no Distrito de Várzea Nova, em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. Os moradores fecharam a rodovia que liga o município à cidade de Bayeux para cobrar a retomada do abastecimento de água que foi suspenso pelo prefeito Emerson Panta (PP). 

Os moradores denunciaram que estão há mais de 48h sem água nas casas. Além da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), ter entrado com um recurso no TJPB, que enviou o pedido para o STJ, para que seja feita a retomada do abastecimento pela empresa, o governador João Azevêdo (PSB) determinou, nesta sexta-feira (13), a retomada da distribuição de água para Várzea Nova, em Santa Rita. 

O impasse entre a Prefeitura e a Cagepa, segue sem previsão de término, e afeta centenas de pessoas que moram nos loteamentos, sem água desde a última quarta-feira. Equipes da Polícia Militar estiveram no local para tentar amenizar o conflito que impediu por horas a passagem de veículos, gerando congestionamento na rodovia. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Cícero Lucena dá posse ao Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação e garante processo de investimento em pesquisa

Gilvan Raposo diz que decisão de Alexandre de Moraes de restituir diretório do PROS da Paraíba "não muda nada" na parceria com João Azevêdo

Preços de alimentos da cesta básica têm variação de mais de 75% em João Pessoa, mostra pesquisa

Presidente do Coren-PB denuncia demissão em massa após sanção do piso para Enfermagem e diz que acionará Ministério Público