Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Paraíba

Reitor da UFPB anuncia R$ 7 milhões em emendas parlamentares para subestação 69 kV e 150 vagas em concurso público

Ele também anunciou que serão ofertadas pelo menos 150 vagas no concurso para técnicos administrativos previsto para o segundo semestre de 2022, sendo mais de um terço para o cargo de assistente em administração.

Segundo o Reitor, a conquista é fruto de “um trabalho conjunto, com diretores de Centro, pró-reitores, em busca de recursos”. (Foto: Reprodução)

Por

A bancada federal paraibana assegurou R$ 7 milhões, por meio de emendas parlamentares ao Orçamento de 2022, para a subestação 69 kV (quilovolts) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Este foi um dos destaques da live apresentada pelo Reitor Valdiney Gouveia, nesta terça-feira (23), no canal do YouTube e no perfil do Instagram da UFPB. Ele também anunciou que serão ofertadas pelo menos 150 vagas no concurso para técnicos administrativos previsto para o segundo semestre de 2022, sendo mais de um terço para o cargo de assistente em administração.

A subestação de 69kV tem como objetivo de estruturar a instituição na área energética e vai proporcionar uma economia para a Instituição na ordem de R$ 6 milhões por ano, possibilitando com isso mais investimentos na atividade-fim da UFPB. Ao todo, são necessários R$ 15 milhões para sua instalação. Segundo o Reitor, a conquista é fruto de “um trabalho conjunto, com diretores de Centro, pró-reitores, em busca de recursos”.

A transmissão da live foi iniciada com um vídeo institucional, contando a história da UFPB, abordando desde o seu desenvolvimento acadêmico até a sua consolidação no escopo educacional brasileiro. O vídeo pontuou a conquista da bonificação estadual na nota do Enem, aprovada pela UFPB, políticas de biossegurança implementadas no período pandêmico e o purificador de ar com eficácia de 99,9% contra o coronavírus, doado para o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW).

Também foram destaque na prestação de contas ao vivo o credenciamento da Instituição como uma unidade Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e investimentos realizados de aproximadamente R$ 340 mil para melhorias na Residência Universitária dos estudantes, além da concessão de auxílio estudantil.

Após a apresentação inicial, o Reitor destacou o concurso público para provimento de técnicos administrativos, com 150 vagas distribuídas nos níveis C, D e E. A maior parte, aproximadamente 56, para o cargo de Assistente em Administração, além de diversos outros cargos, como Assistente de Alunos, Técnico em Assuntos Educacionais, Técnicos de Laboratório, Administrador, Contador. Ele deve acontecer em julho do próximo ano.

Ele também informou que, em leilão de bens inservíveis, que ocorreu no dia 18 de novembro, a UFPB prevê uma arrecadação de aproximadamente R$ 350 mil (sendo R$ 180.750,00 em veículos e R$ 168.750,00 em equipamentos e materiais diversos, como ar condicionado, caldeiras, cadeiras odontológicas, computadores, microscópios e tratores).

Além disso, deu ênfase às obras retomadas e finalizadas em sua gestão, a exemplo da obra do Centro de Energias Alternativas e Renováveis (CEAR), a Escola de Música, o portal do Centro de Tecnologia e Desenvolvimento Regional (CTDR), em Mangabeira, e a construção de espaços específicos para a saúde e bem-estar do servidor (“Espaço do Servidor”), no prédio da Reitoria. Além disso, foram destinados R$ 20 milhões para obras de recuperação do patrimônio.

Na promoção de políticas de acessibilidade e inclusão, o Reitor celebrou a contratação de intérpretes de libras para todos os campi, a plataforma elevatória no prédio da Reitoria, prevendo um prazo de três meses para sua instalação, e o andamento de editais e licitações para a compra de novos equipamentos.

Com relação às pró-reitoiras, ele destacou o trabalho realizado pela Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), que promoveu edital de produtividade com investimento de R$ 5,7 milhões, destinação de 500 computadores e concessão de 88 bolsas de iniciação científica.

Com relação a Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape), o Reitor citou o desenvolvimento de ações na manutenção do pagamento de auxílios estudantil em vulnerabilidade social: auxílio emergencial temporário (830 estudantes), auxílio instrumental (2200 estudantes), chips para conexão a internet (212 estudantes) e apoio estudantil emergencial. Ademais, também frisou o atendimento médico, psicológico e social oferecido pela Prape.

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep), por sua vez, criou a brigada de incêndio, o cadastro de benefícios para servidores com auxílios-saúde e transporte, novos protocolos de biossegurança, sistemática de reposição ao horário e a adesão e renovação de convênios.

O Reitor também comentou sobre a análise de um edital de apoio para acomodar empresas juniores em regime de coparticipação. Um dos objetivos é fazer ponte entre empresas juniores e startups.

Com relação à Agência de Inovação Tecnológica (Inova), o Prof. Valdiney citou o papel da agência de manter a UFPB no topo do ranking das instituições com mais registros de patentes no Brasil.

Para o futuro, a UFPB pretende construir a Escola de Ballet e debater estratégias ambientais mais eficazes em conjunto com a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). No campo da pesquisa, ele mencionou o Bloco Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que conta com 28 pesquisadores da UFPB.

Também tiveram destaque as ações da Universidade no direcionamento de recursos para os estudantes de pós-graduação finalizarem projetos e pesquisas, por meio de bolsas e de chamadas internas destinadas a laboratórios de pós-graduação e compra e licença de softwares.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Juíza paraibana prima de Ivonete Ludgério é encontrada morta em prédio onde residia, no Pará

Justiça Eleitoral cassa mandatos de vereadores do MDB de Zabelê por abuso de poder com fraude na cota de gênero

Feira de Flores de Holambra acontece em João Pessoa com mais de 200 espécies de plantas a preços populares

João Azevêdo promove 485 servidores da Polícia Civil da Paraíba; confira lista