Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Economia

Senadora Daniella Ribeiro pede audiência com presidente do Banco do Brasil para impedir o fechamento de agências na Paraíba

Segundo ela, o encerramento desses prefixos em João Pessoa e Campina Grande causaria ainda mais transtornos para a população que utiliza os serviços.

“Importante ainda destacar que o fechamento de agências implica em uma demora ainda maior para os consumidores, que hoje já reclamam do tempo de espera nas agências”, declarou a senadora. (Foto: reprodução)

Por

Após o anúncio do Banco do Brasil de que irá fechar três agências na Paraíba em fevereiro de 2021, a senadora Daniella Ribeiro (Progressistas) pediu urgência na solicitação de uma audiência com o presidente do Banco do Brasil, André Brandão, em Brasília, para tentar impedir a reestruturação da empresa. Segundo ela, o encerramento desses prefixos em João Pessoa e Campina Grande causaria ainda mais transtornos para a população que utiliza os serviços. 

“Na audiência vou pedir uma reavaliação do planejamento de fechamento das agências. Assim como já aconteceu em outros momentos, quando uma agência fecha as portas, o impacto é enorme tanto para os usuários, que precisam se deslocar para outras agências, como para a própria economia daquela localidade. Outro ponto que precisamos considerar são os transtornos para os funcionários, que são remanejados para outros pontos”, pontuou Daniella. 

Na Paraíba, atualmente, apenas 67 agências funcionam, juntamente com 36 postos de atendimentos (PAAs). O banco não revela quantas agências  no total serão fechadas no estado, mas segundo os próprios funcionários, a previsão é que os locais encerrados sejam: a agência Parque Solon de Lucena, localizada no bairro de Tambiá e a agência do Jardim Cidade Universitária, ambas em João Pessoa. Já em Campina Grande, a agência Jardim Paulistano, na Avenida Assis Chateaubriand.

Além de pedir urgência na audiência, a senadora disse que vai requerer a reconsideração do fechamento da agência do bairro da Liberdade, como nas demais agências da Paraíba. Ela lembrou que muitas cidades já não têm agências do Banco do Brasil, devido a fechamentos recentes ou mesmo devido a explosões de caixas eletrônicos. 

“Importante ainda destacar que o fechamento de agências implica em uma demora ainda maior para os consumidores, que hoje já reclamam do tempo de espera nas agências”, declarou a senadora. Daniella, que já foi deputada estadual por dois mandatos, é autora da lei estadual n. 9.426/2011, que determina que os consumidores devem ser atendidos em no máximo 20 minutos em dias normais e 30 minutos em vésperas e depois de feriados. 

SAIBA MAIS:

Bancários do Banco do Brasil na Paraíba paralisam atendimento por 24h nesta sexta-feira contra fechamento de agências e demissões

Banco do Brasil fecha agências a partir de fevereiro na Paraíba e entidades pressionam parlamentares para impedir reestruturação



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Sérgio Queiroz diz que pode participar da disputa eleitoral de 2022 “se o presidente convocar"

Paraíba recebe 39,5 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford

Diocese de Campina Grande mantém missas presenciais com ocupação máxima de 30% das igrejas

Paraíba registra 1.320 novos casos e 15 mortes em 24h; total de mortos chega a 4.419 e 215.527 infectados