CASO MARCELINHO PARAÍBA

Sindicato dos jornalistas emite nota contra ameaças de delegado a jornalistas em CG

O Sindicato dos Jornalistas da Paraíba emitiu uma nota de repúdio contra o delegado Rodrigo do Rego Pinheiro que ameaçou jornalistas que cobriam a prisão do jog

Sindicato dos jornalistas emite nota contra ameaças de delegado a jornalistas em CG

O Sindicato dos Jornalistas da Paraíba emitiu uma nota de repúdio contra o delegado Rodrigo do Rego Pinheiro que ameaçou jornalistas que cobriam a prisão do jogador Marcelinho Paraíba na manhã desta quarta-feira (30), em Campina Grande.

Confira a nota na íntegra:

NOTA

SINDJOR-PB REPUDIA AGRESSÃO A EQUIPES DE TV

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba vem a público repudiar a tentativa de cerceamento ao trabalho da imprensa, provocada pelo delegado Rodrigo Pinheiro que, de forma truculenta e exaltada, agrediu e ameaçou, na manhã desta quarta-feira (30), as equipes de reportagem das TVs Borborema e Paraíba, nas pessoas do repórter Renato Diniz e dos repórteres cinematográficos Charles Dias e Damião Tomé.

Vale ressaltar que os referidos profissionais estavam tão somente realizando seu trabalho de forma responsável e ética, buscando nada a mais do que a verdade dos fatos, relacionada a denúncia de tentativa de estupro da qual a irmã do citado delegado teria sido vítima, envolvendo um jogador de futebol de destaque no Brasil.

Em nenhum momento, como é possível comprovar nas imagens cedidas, sem cortes, pela TV Borborema, e observadas pela direção do Sindjor-PB, os profissionais das emissoras faltaram com respeito à pessoa do senhor Rodrigo Pinheiro nem a seus familiares. No entanto, a recíproca não existiu e o delegado abusou, inclusive, de sua autoridade policial para intimidar as equipes de reportagem, fazendo ameaças de perseguição caso as gravações das imagens continuassem.

Lamentamos o ocorrido e nos solidarizamos com os profissionais agredidos, nos colocando à disposição para apoiar quaisquer providências legais acerca do fato, bem como esperamos que as autoridades policiais competentes também se pronunciem e tomem as devidas providências com relação ao comportamento do delegado Rodrigo Pinheiro, uma vez que, sem sombra de dúvidas, ele também faltou com a ética profissional de sua categoria.

O Sindjor-PB ressalta que a tentativa de intimidar jornalistas e impedir a divulgação de informações deve ser sempre rechaçada por todos aqueles que defendem a liberdade de expressão como um dos fundamentos de uma sociedade democrática.

Campina Grande, 30 de novembro de 2011.

Sindjor-PB

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Loja da Paraíba é condenada a indenizar consumidora em R$ 4 mil por não cumprir seguro de celular; saiba qual

2

Paraíba

Sudema notifica restaurante para remover lançamento de água suja para a areia da praia em João Pessoa

3

Paraíba

Luciano Cartaxo descarta intriga e diz que federação PT com PV e PcdoB está unida: “não tem mais batalha, tudo definido”

4

Paraíba

“Pronto para receber de braços abertos”, diz Nilvan sobre aliança com o PSB; partido deve indicar vice

5

Paraíba

Cartaxo diz que escolha de Amanda Rodrigues como pré-candidata a vice traz fortalecimento das mulheres na gestão pública