Educação

Sindicato dos servidores municipais de Santa Rita mantém greve e segue reivindicando reajuste ao prefeito

O Sindicato informou que, no último encontro, a Prefeitura se comprometeu a realizar um estudo do impacto do reajuste pleiteado pelo magistério e o resultado deve ser divulgado na segunda-feira (11). 

sindicato, greve, magistério, Santa Rita,

A categoria reivindica um aumento de 3,62% do PNE e promete manter a greve por tempo indeterminado. Credito: Brenda Alcantara/ Esp. DP/ D.A Press. Local.

Os professores do município de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, que entraram em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira (5), devem realizar uma nova assembleia na próxima terça-feira (12) para avaliar o movimento e uma resposta da Prefeitura sobre o estudo de impacto do reajuste de 3,62% reivindicado pela categoria. 

De acordo com o Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Santa Rita (Sinfesa), a greve foi aprovada no dia 28 de fevereiro, após o pedido de reajuste salarial do piso do magistério.

Outro pleito é a reformulação do Plano de Carreira e Remuneração da Educação. Conforme o Sindicato, não há mudanças há sete anos. A categoria reivindica um aumento de 3,62% do PNE. 

Na segunda-feira (5), os servidores realizaram um ato público e, ao mesmo tempo, uma assembleia com os profissionais do magistério. Durante a assembleia, foi lida a ata da reunião realizada com a secretária de Educação e representantes do sindicato.

Neste encontro, a Prefeitura se comprometeu a realizar um estudo do impacto desse reajuste e o resultado deve ser divulgado na segunda-feira (11). 

 

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

João Pessoa e outras 34 cidades da Paraíba podem ter chuvas intensas e ventos fortes nas próximas horas

2

Paraíba

João Azevêdo autoriza convocação dos concursados da Polícia Militar excluídos com decisão do STF

3

Paraíba

Nadadores encontram corpo boiando na praia de Cabo Branco

4

Paraíba

VÍDEO: motorista tenta passar com carro por via interditada em João Pessoa e acaba caindo em vala

5

Paraíba

Ex-prefeito de Teixeira “Nego de Guri” aparece três vezes na lista dos inelegíveis do TCE e já pode pedir música no Fantástico