Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

reforma agrária

Polícia cerca assentamento em Alhandra e Frei Anastácio diz que foi agredido por PMs

Cerca de 200 homens da polícia militar estão, desde o início da manhã, no assentamento da reforma agrária, João Gomes, que fica na grande Mucatu, em Alhandra, p

Por

Cerca de 200 homens da polícia militar estão, desde o início da manhã, no assentamento da reforma agrária, João Gomes, que fica na grande Mucatu, em Alhandra, para cumprir uma ordem de despejo de três lotes ocupados por índios e trabalhadores, desde o inicio do mês.

 

 Os lotes foram comprados pela fábrica Elizabeth para instalação de uma fábrica de cimento. Segundo a irmã Tania Maria, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), o clima no local é muito tenso.Os índios ameaçam resistir ao despejo e pode haver confronto.

Os advogados da Comissão Pastoral da Terra, o Ouvidor Agrário do INCRA e o deputado estadual Frei Anastácio estão na área tentando negociar uma solução pacífica, para evitar confronto. A tropa da PM que se encontra na área está comandada pelo coronel Castro. O coordenador de Gerenciamento de Crises da Polícia Militar, tenente coronel Josman Lacerda,também está na área tentando uma forma pacifica.

 

O cacique dos Tabajaras, Ednaldo dos Santos (Araquém) afirmou que os índios estão prontos para o confronto, se forem abordados pelas polícias militares. "Estamos prontos para dar nosso sangue pela terra que é nossa", afirmou Araquém, que está com pintura de guerra.

O deputado Frei Anastácio disse que foi agredido por três policiais militares.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Concurso Público de Cabedelo adia data das provas

Paraíba registra a 9ª menor renda domiciliar per capita do país, revela Pnad

Inmet alerta para chuvas intensas em 79 cidades da PB

CRM-PB interdita posto de Saúde após médica ser vítima de assédio em Lastro, Sertão da PB