Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Eleições 2020

TRE defere chapa de Anísio Maia e manda excluir Antônio Barbosa, do PT, da chapa de Ricardo Coutinho

Anísio Maia (PT), informou em entrevista ao ClickPB, que tomou conhecimento da decisão por um companheiro do partido.

O ​TRE defere chapa Anísio Maia e manda excluir Antônio Barbosa do PT da chapa de Ricardo Coutinho​ (Foto: Walla Santos)

Por

O Tribunal Regional Eleitoral(TRE-PB) deferiu a chapa Anísio Maia (PT), que concorre a prefeitura de João Pessoa, e mandou excluir o nome de Antônio Barbosa (PT), que estava como vice-prefeito na chapa de Ricardo Coutinho (PSB). A decisão saiu na manhã desta segunda-feira (05). A indefinição ocorria, pois o PT estava concorrendo em duas chapas.

Na decisão, que o ClickPB, teve acesso, consta, "isto posto, declaro a regularidade dos Atos Partidários da Coligação “UNIDOS POR JOÃO PESSOA”, formada pelos partidos PT e PC do B, estando habilitada para disputar o cargo de Prefeito e Vice-Prefeito , nas eleições de 15 de novembro de 2020".

Anísio Maia (PT), informou em entrevista ao ClickPB, que tomou conhecimento da decisão por um amigo do partido. Ele havia ido visitar os filhos, em um sitio, pois estão em isolamento social nesse período de pandemia do novo coronavírus. “Já ligaram um bocado de gente. Me parabenizando, se solidarizando. Outros vibrando. Não sei o conteúdo. Só sei que nós estamos liberados e agora pudemos dizer que mais uma vez somos candidatos para o que der e o que vier”, afirmou. 

Segundo o candidato à prefeito de João Pessoa, pelo PT, agora é hora seguir firme na campanha. “Vou agradecer a militância e dizer que a partir de agora vamos todos unir para partir para frente. O importante é mostrar nossas propostas para João Pessoa”, frisou. Anísio Maia tem como candidato  vice-prefeito, Percival Henriques, do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). 

Entenda o caso

A indefinição começou logo após a Executiva Nacional do PT decidir anular parcialmente a convenção da sigla, na Capital paraibana, retirando o nome de Anísio Maia, para a disputa, e apoiando o nome do ex-governador da Paraíba e candidato à prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho. 

Anísio Maia chegou a acusar Ricardo Coutinho (PSB) de "roubar até o comando do Partido dos Trabalhadores". O Ministério Público Eleitoral (MPE) chegou a pedir a impugnação da candidatura de Anísio Maia para as eleições municipais de 2020. 

No último dia 1º, 13 dirigentes do PT da Paraíba assinaram um manifesto em apoio à candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) para a prefeitura de João Pessoa, em detrimento à candidatura própria do partido, de Anísio Maia. A defesa da coligação do PT e PCdoB - ‘Unidos por João Pessoa’ informou que já era esperada a manifestação do MPE, mas que iria fazer as contra argumentações.

Nesse mesmo dia, o presidente do PT participou de uma live com Ricardo Coutinho, a presidente nacional da sigla, Gleisi Hoffmann, e o candidato a vice-prefeito da chapa encabeçada por Coutinho, Antônio Barbosa. Esse evento sinalizava para racha um político com direção municipal de João Pessoa. Para Anísio Maia, em entrevista ao ClickPB, esse evento não abalava sua campanha, que seguia firme. 


Leia mais:


Confira abaixo a decisão:



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Taxa de transmissão de covid-19 na Paraíba cresce e atinge 1,3; número preocupa Secretaria de Saúde

Após aumento da Covid-19, Patos cria força tarefa que poderá cassar licenças de funcionamento de estabelecimentos com aglomerações

Após pleito, prefeito reeleito de Picuí sanciona lei aprovada na Câmara que aumenta salários de vereadores, secretários e dele mesmo

Ibama detecta 287 hectares de área desmatada no bioma caatinga na Paraíba